Pesquisar

Você não precisa de um ERP, você precisa do Obra Prima!

Ainda usa ERP? Sabia que já existem outras soluções melhores para ter mais controle das obras? Descubra como um software de gestão de obras pode facilitar a sua vida.
Você não precisa de um ERP, você precisa do Obra Prima
Você não precisa de um ERP, você precisa do Obra Prima

Descubra por que um software de gestão de obras te dá mais controle das obras (e é bem mais simples) que um ERP.

Construtoras que desejam crescer e se destacar no mercado da construção civil precisam ter controle total de seus processos dentro e fora dos canteiros de obras

Ainda que isso já não seja segredo, muitas deixam de investir em uma ferramenta por não saber qual a melhor opção.

Cada negócio e obra têm necessidades específicas que precisam ser atendidas pela ferramenta. Só assim o sistema de gestão seja verdadeiramente capaz de solucionar as dores da empresa e gerar lucratividade nos projetos.

Nessa busca, muitas empresas da construção civil acabam por investir em um ERP, um sistema bem generalista – e muitas vezes complexo – que atende às necessidades das empresas.

Porém, sem foco nas necessidades específicas de organizações.

Mesmo sendo um sistema eficiente, esse investimento pode ser o erro que impede sua construtora de crescer, principalmente se você tem uma pequena construtora. 

Isso porque os projetos da construção civil são complexos e possuem necessidades muito mais específicas que necessitam atenção especial.

É nessa hora que o investimento em softwares de gestão de obras pode ser o maior diferencial da sua empresa. Não acredita? 

Acompanha com a gente as explicações e descubra por que investir no software de gestão de obras do Obra Prima é sua melhor opção.

ERP: o que é?

Enterprise Resource Planning, o famoso ERP, ou Gestor de Recursos Empresariais, são sistemas desenvolvidos para administrar processos diários de empresas e criar bancos de dados desses processos.

Com eles é possível controlar faturamento, compras, estoques, pagamentos de contas, recebimentos, comprovações fiscais e gerenciamento de tarefas e pessoas. 

Cada uma dessas atividades representa um departamento da sua construtora.

Dessa forma, cada um deles conquista uma ferramenta de suporte para reduzir erros com consulta a um banco de dados central.

O objetivo principal dos ERPs é oferecer uma plataforma em que todos os trabalhadores e departamentos tenham acesso às informações necessárias para desenvolver suas atividades diárias.

Otimizando as rotinas da construtora, eliminando falhas e retrabalhos e otimizando controle e comunicação.

É importante destacar que o ERP não é desenvolvido especificamente para a construção civil.

Mas para atender as necessidades gerais de empresas independentemente do setor de mercado em que atuam.

Conheça as vantagens do ERP

Ainda que não tenha foco na construção civil, o ERP traz muitas vantagens para as empresas que o utilizam. Conheça aqui as principais.

1. Otimização de processos

A integração de departamentos do ERP é focada em garantir que os profissionais de diferentes departamentos trabalhem com base nos mesmos dados e informações. 

Essa comunicação interna garante mais agilidade, automação de processos e reduz chances de erros, além de tomada de decisões mais rápidas

2. Padronização de processos

Com todos os departamentos mais bem informados e trabalhando de acordo com os mesmos dados a empresa consegue alinhar melhor as atividades.

Além  de estabelecer padrões que agilizam processos e garantem a manutenção da qualidade, reduzindo as chances de retrabalhos e perda de informações.

3. Redução de custos

Reduzindo erros, demora e retrabalhos, os custos dos projetos também são reduzidos, garantindo que os recursos financeiros sejam melhor aplicado.

Com melhores resultados e facilitando futuros investimentos em crescimento e lucratividade.

E as desvantagens?

Como qualquer processo, o ERP também possui desvantagens. São elas:

  • Custos de implementação altos;
  • Maior tempo necessário para treinamento e implementação do sistema;
  • Dependência de informações de projetos e módulos anteriores para ter um banco de dados completo e trabalhos alinhados;
  • Pouca flexibilidade para trabalhadores desenvolverem processos mais eficientes;
  • Erros cometidos possuem maiores impactos;
  • Dificuldade de customização de informações que precisam ser adaptadas.

Software de gestão de obras: o que fazem de diferente?

A principal diferença dos softwares de gestão de obras já pode ser identificada no nome: eles são desenvolvidos especificamente para a construção. 

Isso significa que cada uma das funcionalidades é pensada para atender as necessidades de uma obra e elas são muito diferentes de processos em outros setores.

São sistemas que pensam em cada detalhe e necessidade desde a prospecção de clientes e desenvolvimento de projetos pré-contrato até os processos de pós-venda na construção civil, atendendo cada uma das necessidades das construtoras.

Claro, em teoria são sistemas parecidos, já que tanto o ERP quanto os softwares de gestão de obras trabalham com gerenciamento de processos e etapas das empresas.

Contudo, as funcionalidades focadas em um único segmento do software são o principal diferencial e o que tem maior peso na hora de dizer que são a melhor opção para as construtoras.

É importante destacar que por oferecer a mesma integração de departamentos e a criação de bancos de dados que centraliza informação.

Os softwares também proporcionam as vantagens de otimização e padronização de processos e redução de custos.

Benefícios do Obra Prima, um software de gestão de obras

Os benefícios do ERP são encontrados em todos os softwares de gestão de obras do mercado. 

No entanto, o Obra Prima pode garantir muitas facilidades que garantem competitividade e diferencial de mercado para construtoras:

1. Custo acessível e facilidade de implementação

Com planos que atendem mesmo as pequenas construtoras, oferecendo todas as funcionalidades essenciais para a gestão de obras com custos mais baixos.

Assim, o Obra Prima garante que toda empresa, independentemente de seu porte, possa otimizar processos.

Além disso, a implementação da plataforma é mais simples, facilitando importação de planilhas anteriores e sempre acompanhada de uma equipe de suporte formada por profissionais da construção civil. 

São profissionais que entendem as dores e necessidades do setor e que vão simplificar e otimizar o treinamento para uso da plataforma com muito mais rapidez.

2. Redução de erros e retrabalhos

Com funcionalidades automatizadas e específicas para compras na construção civil, organização de orçamentos e cronogramas e compartilhamento de informações.

O Obra Prima garante o alinhamento necessário das informações e a redução de erros que geram retrabalhos.

Com isso, o tempo é melhor gerenciado, a redução de custos facilitada e as possibilidades de lucratividade com os projetos é muito maior.

Quer conhecer melhor as vantagens e funcionalidades que o software de gestão de obras do Obra Prima oferece? Acesse nossa página e conheça.

Também acompanhe o nosso blog para mais dicas e muitas novidades sobre o universo da construção civil, e se você ainda não segue, já siga o Obra Prima no Instagram

software de gestão de obra

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.