Menu

Valor do metro quadrado na Construção Civil: perspectivas e tendências para 2024

Amanda Gregio

Compartilhe nosso conteúdo

Confira as tendências e perspectivas para o valor do metro quadrado na construção civil em 2024. 

Preparamos um conteúdo sobre os fatores que influenciam os preços, as projeções para o mercado imobiliário e da construção, cheio de informações úteis para os profissionais do setor interessados em entender o panorama econômico relacionado ao custo por metro quadrado em projetos do segmento. 

O valor do metro quadrado é um indicador fundamental para as construtoras. A inflação dos materiais e processos construtivos interfere na eficácia das empresas, no preço final dos empreendimentos e na viabilidade econômica de novos projetos

Em 2024, três fatores devem puxar o preço dos imóveis para cima. Com as vendas subindo, especialistas acreditam que a Selic deve elevar ainda mais a demanda, lançamentos em baixa e a mão de obra em alta foram alguns dos apontados como responsáveis. 

O preço dos imóveis permaneceu em alta ao longo de 2023, embora o avanço tenha perdido força frente ao ano anterior. Agora, com perspectivas de maior demanda pelos juros em queda, incorporadoras diminuindo lançamentos e custos de construção mais altos, os especialistas acham difícil que 2024 seja um ano de recuo no preço – mesmo que em algum momento caiam as parcelas do financiamento, pelo efeito dos juros menores. 

O número mais recente do Índice Geral do Mercado Imobiliário Residencial (IGMI – R ABECIP) indica que os preços dos imóveis acumularam alta de mais de 5,7% em 2023 até o terceiro trimestre. Embora ainda em ascensão, os preços já mostram um ritmo de desaceleração. No mesmo período em 2022, o avanço era de mais de 10%. 

Fatores que influenciam o valor do metro quadrado

O custo do metro quadrado na construção civil é calculado pelo Sistema Nacional de Pesquisa e Índices da Construção Civil (SINAPI), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em parceria com a Caixa Econômica Federal

Assim, os dados abrangem o Brasil inteiro e as pessoas podem filtrá-los por região. O IBGE leva em consideração fatores como qual o padrão de construção (mínimo, baixo, normal ou alto), tipo de projeto (casa residencial normal, prédio residencial, casa popular ou prédio comercial, por exemplo). Outro elemento que vai afetar o valor do metro quadrado é a demanda de mercado.

Valor do metro quadrado em 2024

Segundo os resultados do Índice Fipe ZAP liberados em janeiro deste ano, o valor médio do metro quadrado no Brasil é de R$8.720. De acordo com o relatório, o preço médio de venda residencial no país mostrou uma valorização imobiliária de 5,13% nos últimos 12 meses. 

Ainda pelas informações disponibilizadas pelo Informe de Dezembro de 2023 do Índice FipeZap+, as 10 cidades com metro quadrado mais caro no Brasil são: 

  1. Balneário Camboriú (SC) – R$12.624 por metro quadrado;
  2. Itapema (SC) – R$ 12.498 por metro quadrado;
  3. Vitória (ES) – R$ 10.877 por metro quadrado;
  4. Florianópolis (SC) – R$ 10.786 por metro quadrado;
  5. São Paulo (SP) – R$10.676 por metro quadrado;
  6. Itajaí (SC) – R$10.490 por metro quadrado;
  7. Rio de Janeiro (RJ) – R$9.988 por metro quadrado;
  8. Barueri (SP) – R$9.463 por metro quadrado;
  9. Curitiba (PR) – R$9.092 por metro quadrado;
  10. Brasília (DF) – R$8.984 por metro quadrado.

Já o metro quadrado mais barato do Brasil fica em Minas Gerais, na cidade de Betim, com o valor médio de R$3.851. 

Fatores econômicos e políticos que influenciam o valor do metro quadrado

Diversos acontecimentos são capazes de mudar os resultados da economia nacional, desde fatores internos, como a carga tributária, até outros que fogem totalmente do controle, como guerras, por exemplo. 

Contudo, existem alguns pontos que os especialistas em economia destacam como os principais elementos que afetam o trajeto do mercado imobiliário: 

1. Inflação

Para entender como a inflação mexe com o preço dos imóveis e do metro quadrado, pense que ela é um aumento generalizado dos preços, que é medida através de dois índices muito conhecidos: IPCA e IGP-M

Ambos registram a elevação do preço de produtos essenciais e básicos para os brasileiros. Se eles aumentam, isso significa que o preço aumenta. Então, se o cimento está mais caro e se gasta mais para abastecer o caminhão que transporta os insumos, os imóveis também vão subir de preço. 

Para 2024, a estimativa de inflação é de 3,9%, e a meta definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) é de 3%, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. Ou seja, o limite superior é 4,5% e o inferior é 1,5%. 

2. Taxa Selic

A taxa básica de juros da economia brasileira é a Taxa Selic. Seu índice é estabelecido em reuniões periódicas pelo Comitê de Políticas Monetárias do Banco Central (COPOM).  

O valor dela é usado como base para o cálculo de todas as taxas de juros, desde aquela aplicada na compra de um microondas até a presente em um financiamento imobiliário. Além disso, ela também é utilizada como fator de combate à inflação. Ou seja, quando o IPCA aumenta, o Banco Central eleva a Selic para tentar frear o consumo e desacelerar os preços. 

Agora, retomando o primeiro tópico para conectar as informações: vivemos um momento de alta inflação. Isso quer dizer que o Banco Central está aumentando a Selic frequentemente, e se a Selic aumenta com frequência e cada vez mais, todas as compras à prazo com a aplicação de juros se tornam mais caras. 

Na prática, financiar um imóvel tornou-se mais custoso devido ao aumento dos juros. 

3. Outros fatores importantes

Outros fatores econômicos e políticos que afetam o valor do metro quadrado na construção civil são: 

  • Expansão monetária: se a demanda cresce, o preço também cresce;
  • Falta de estabilidade da moeda: se o real desvaloriza ou valoriza, o preço dos produtos e insumos vai variar. 

Esses são apenas alguns dos fatores que influenciam o valor do metro quadrado em 2024! 

Fique de olho no valor!

Então agora que você já entendeu as tendências, perspectivas e fatores que influenciam o valor do metro quadrado, ficou mais fácil aproveitar as oportunidades e enfrentar os desafios! 
Para mais conteúdos, acompanhe o blog do Obra Prima! Não deixe de seguir a nossa conta no Instagram.

Pesquisar matéria

Quer transformar sua gestão de obras?

Experimente o sistema Obra Prima!

Matérias relacionadas

Valor do metro quadrado na Construção Civil: perspectivas e tendências para 2024

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.