Pesquisar

Pequenos negócios em tempos crise: porque investir em tecnologia?

O mundo inteiro está passando por um momento turbulento, o COVID-19 não afetou apenas a saúde das pessoas mas a rotina de um país inteiro. O distanciamento social diminui diretamente a circulação de capital e demandas por serviços não essenciais. O que impacta principalmente os autônomos e as micro e pequenas empresas. Segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), os micro e pequenos negócios representam 99% do total de empresas no Brasil. E geram mais de 54% dos empregos formais.

Os setores mais afetados são os que movimentam boa parte da economia. O isolamento de alguns grupos e respeito pelas orientações da Organização Mundial da Saúde é essencial, por mais que no momento não pareça ser tão razoável, a longo prazo é o melhor a se fazer.

Em vista disso deve se encontrar um equilíbrio: Como diminuir o contato social e ao mesmo tempo amenizar os impactos dessa crise no meu negócio?
Vamos mostrar o porque pequenos negócios devem investir em tecnologia para alcançar esse equilíbrio!

Pequenos negócios em tempos de crise 

Durante uma crise os pequenos empreendimentos têm de lidar com muitos desafios, como a redução das vendas, diminuição do quadro de funcionários, realocação de gastos, etc.

Nesse cenário é necessário acima de tudo resiliência e criatividade. Mas graças à tecnologia muitos negócios podem diminuir drasticamente os impactos e se reajustar no mercado. 

Empreendimentos que já estavam se adaptando à tecnologia e seus benefícios, sentiram menos o choque durante a mudança, que é o caso da nossa equipe no Obra Prima, que em poucos dias já adaptou todos os colaboradores em Home Office e continua funcionando normalmente. 

Mas deixar os colaboradores em casa trabalhando é a parte fácil, inclusive já demos dicas de hábitos e ferramentas para te auxiliar nisso. O maior desafio é como adaptar a estratégia e cultura da empresa para realocar os investimentos em tecnologia para continuar atraindo clientes.

Investimento em tecnologia: diferencial competitivo

A tecnologia é um diferencial competitivo, seja no trabalho autônomo ou em uma multinacional. Isso porque o negócio independe de um espaço físico para se manter, precisando apenas de uma equipe e uma rede sólida de consumidores. 

Hoje em dia mais de 80% dos brasileiros têm acesso a internet, e as compras online se popularizaram, até mesmo de comidas por delivery. E segundo o levantamento feito pela NZN Intelligence, uma plataforma de pesquisa de mercado da empresa de mídia digital, 74% dos consumidores com acesso a internet preferem efetuar suas compras online.

Portanto, o investimento em tecnologia é uma saída estratégica da crise. Separamos dois pontos cruciais:

1 – Marketing Digital

Ter o mínimo de presença digital hoje em dia é obrigatório. É por onde as pessoas encontram seu serviço, pesquisam se é confiável, recomendam, etc. Ter redes sociais para manter uma comunicação próxima dos consumidores é essencial para construção da sua marca e credibilidade. Tudo isso gera tráfego orgânico, que é aquele que surge espontaneamente pela interação que sua rede tem. 

No entanto, com tantas empresas entrando todos os dias em busca de seu espaço na internet, fica cada vez mais difícil conseguir tráfego orgânico em pouco tempo, por isso é necessário investimento. Investir em anúncios pagos gera entrega e alcance para mais pessoas interessadas no seu produto ou serviço, convertendo mais vendas e aumento da sua rede de clientes. Mas não ache que é só sair por aí impulsionando anúncio que acontece mágica, é necessário estudo, dedicação e bom conteúdo pra cravar seu espaço no mundo digital. Apenas investir sem traçar uma estratégia é jogar dinheiro ao vento. Por isso tenha paciência, criatividade e cabeça aberta para aprender. 

Listamos as principais redes para te ajudar:

Facebook

Facebook é a maior rede social do mundo, com mais de dois bilhões de usuários ativos mensalmente, e com certeza não pode ficar de fora da sua lista. Lá você pode criar uma fanpage para o seu negócio. As publicações chegam para quem curtiu a página, e também para pessoas interessadas no assunto quando é criado um anúncio ou impulsionada uma publicação. Com apenas R$10,00 você já consegue criar seu primeiro anúncio. O Facebook disponibiliza a plataforma “Gerenciador de negócios”, onde dá para acompanhar o desempenho e gastos.

Instagram

Com mais de um bilhão de usuários ativos, essa rede de compartilhamento de fotos e vídeos merece uma atenção especial. Seus usuários buscam um conteúdo rápido e assertivo, um story bem feito de 30 segundos pode te gerar uma venda.

Dentro do aplicativo do instagram também é possível impulsionar publicações de forma rápida e com baixo investimento. Por ser irmão do Facebook, você consegue conectar e criar anúncios pelo Gerenciador de Negócios, inclusive para ativar o perfil comercial que permite a criação dos anúncios, é obrigatório a conexão a uma página do Facebook. 

Google Meu Negócio 

Sabe quando você pesquisa o nome de uma empresa no Google e aparece uma aba com todas as informações? Ou quando você pesquisa um produto e aparece alguma loja próxima a você que venda? Tudo isso é graças ao Google meu negócio, uma plataforma gratuita do Google que permite que as pessoas te encontrem rapidamente e também gera mais confiança ao cliente. O mais legal é que ainda é possível criar um site gratuitamente dentro da plataforma! 

Linkedin

Linkedin é uma rede social de negócios, que vem crescendo cada vez mais. Além de criar uma página do seu negócio, você pode alimentar seu perfil profissional, compartilhando suas experiências, conhecimentos e aumentando o networking. Há também os anúncios pagos, que é uma ótima aposta por conta da adesão cada vez maior pela rede. 

2 – Melhora na comunicação institucional

A tecnologia pode favorecer a comunicação dos valores e objetivos da empresa, tanto para o público interno (colaboradores) quanto para o externo (clientes). Utilizando de ferramentas para facilitar o fluxo de trabalho e informação, e das redes sociais para transparecer para o público a credibilidade da empresa. 

Uma melhor comunicação favorece o trabalho dos colaboradores, aumentando a produtividade. E atrai e mantém mais clientes, agregando valor a empresa. Além disso, facilita  a vida do empreendedor, que consegue acompanhar e se planejar de forma mais fluída com o auxílio das ferramentas e softwares certos. 

Inovação: se reinventar em tempos de crise

O mundo muda a todo momento, o mercado e os consumidores acompanham esse ritmo. Na era da internet tudo isso ocorre de forma ainda mais acelerada, em poucos minutos todos sabem o que está acontecendo em qualquer parte do mundo. Uma notícia pode fazer com que o pânico se instale, a economia se abale. 

Mas a história é assim, de tempos em tempos enfrentamos crises, seja de saúde ou política. Elas desestabilizam e causam mudanças bruscas e repentinas para todos, mas passam e nos adaptamos e aprendemos com as experiências por pior que sejam. 

Por isso, estar aberto às mudanças, a ouvir e aprender com os outros é a melhor atitude nesses momentos. É preciso inovar, se adaptar, mas manter seus valores firmes independente de tudo. 

Em tempos de crise é necessário se reinventar e voltar ainda mais forte. É hora de aprender que não precisa de um espaço e contato físico para se fazer presente. Manter a equipe e os clientes unidos mesmo de longe, vai fortalecer ainda mais a relação. Tudo isso com o auxílio da tecnologia, vai ajudar a diminuir os impactos causados pelo distanciamento social na economia. 

Faça como os usuários do Obra Prima, que foram atrás de inovação para conquistar novos clientes!

Confira cases reais:

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.