Pesquisar

Chega de planilhas: como um software pode ajudar no controle financeiro de obras?

Você faz o controle financeiro de obras com base em planilhas, mas já se cansou desse tipo de gestão improvisada? Saiba como mudar isso!
Controle financeiro de obras online
Controle financeiro de obras online

As planilhas são limitadas, mas o seu negócio não pode ser. Veja por que e como é possível superá-las de vez.

Rodízio de planilhas. Você já engoliu muito essa combinação do planejamento de obra improvisado. Mas hoje tem visão de mercado suficiente para perceber o quanto as tabelas, por mais inteligentes que sejam, apresentam limitações contundentes.

Com as planilhas de controle financeiro de obras, por exemplo, é preciso tomar um cuidado redobrado. Afinal de contas, muitas vezes você não percebe se está crescendo ou tendo prejuízo.

Por isso, um software para construtora é o próximo passo para você garantir segurança com base no controle financeiro.

Quer saber por que você deve realizar já essa mudança?

Confira 6 motivos para evoluir para um software de gerenciamento de obras!

1 – Maior controle financeiro de obras

Quando você adota um software para a construtora, o controle financeiro de obras ganha mais precisão. Você não precisa digitar as mesmas informações mais de uma vez e correr riscos de falha humana em virtude de retrabalhos. Some a isso o fato de contar com vários controles financeiros facilitados, de modo visual e em tempo real.

2 – Foco no fluxo de caixa

Um software de gerenciamento de obras, quando completo, traz logo a possibilidade de controle do fluxo de caixa. Você pode ver na mesma interface as contas pagas e as entradas efetuadas em conjunto com as projeções financeiras do negócio. O que lhe permite maior controle financeiro de obras e menor risco na tomada de decisões.

3 – Controle financeiro de obras por centro de custos

Além de evidenciar o fluxo de caixa, outro controle financeiro de obras realizado com um software para construtora está na separação entre centros de custos. Cada projeto é uma unidade do todo. E, nesse caso, a soma de todas as partes faz muita diferença. Isso porque você descobre déficits e pode tomar medidas corretivas sem encobrir falhas de orçamentação ou execução por meio da má gestão proporcionada pelas planilhas.

4 – Mais atenção e cuidado com o cliente

Mas nem só de gestão financeira vive a construtora. O cliente é a pedra fundamental de cada obra sua. Sem ele não há negócio que resista. Então, tenha a possibilidade de investir em planejamento com o software de gerenciamento de obras que oferece canais seguros de comunicação com o cliente.

5 – Mais contato com o fornecedor

Outra vantagem do software da construtora está na comunicação com o fornecedor. Nem sempre ele entra como prioridade da gestão. Mas um bom tratamento pode abrir portas para descontos e outras vantagens. Acordos do tipo ganha-ganha são sempre bem-vindos. Mas nunca são frutos de relações mal estabelecidas. Por isso, invista na comunicação com o fornecedor ao abandonar de vez as planilhas.

6 – Compra facilitada de insumos

Uma das formas de melhorar a comunicação com os fornecedores é saber o que quer. Não há nada pior para o controle financeiro de obras do que compras mal feitas. Quase sempre, elas têm fundamento em mapas de cotação imprecisos e improvisados. Nas planilhas, esse tipo de instrumento de compras pode demorar a ser operado, além de ser uma atividade que toma bastante tempo.

Abandone o rodízio de planilhas e invista em receitas mais lucrativas para controle financeiro de obras. Se quer saber como fazer isso, não perca as publicações do Blog Obra Prima.

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.