Pesquisar

6 tecnologias imprescindíveis para a construção civil

Descubra as tecnologias que não podem mais ser ignoradas por empresas que desejam maior crescimento no mercado da construção civil.
tecnologias imprescindíveis
tecnologias imprescindíveis

Descubra as tecnologias que não podem mais ser ignoradas por empresas que desejam maior crescimento no mercado da construção civil.

As tecnologias avançam todos os dias e cada vez mais trazem oportunidades para empresas que desejam melhorar seus resultados na área da construção civil. 

Novos equipamentos que auxiliam na execução de trabalho e gestão de obras se tornam cada vez mais importantes.

Ainda que todas tenham algum benefício a oferecer, existem algumas tecnologias para a construção civil que são consideradas como essenciais para qualquer construtora que tenha planos de crescer e aumentar cada vez mais sua lucratividade.

É sobre essas tecnologias que vamos falar aqui.

Tecnologias e construção civil: 6 investimentos essenciais para o presente e futuro

Toda nova tecnologia adotada é um investimento no futuro da construtora. 

Elas são desenvolvidas para garantir que a construtora possa otimizar processos, reduzir custos e evitar acidentes e atrasos.

No entanto, não é possível investir em tudo o que aparece e cada tecnologia atende a algumas necessidades específicas.

É hora de conhecer as que são consideradas essenciais e dar um primeiro e importante passo no caminho para os melhores resultados e maior competitividade.

1. Concreto autocicatrizante

Rachaduras no concreto são um grande problema para as estruturas. 

Mesmo quando são microscópicas, são um caminho aberto para as mais diferentes substâncias penetrem e causem danos à armadura, causando corrosão e reduzindo a durabilidade e estabilidade de todo o empreendimento.

A tecnologia do concreto auto cicatrizante é uma forma de eliminar esse problema. 

Composto de aditivos e agregados especiais, consegue reduzir a aparição preenchendo por conta própria os espaços que surgirem, mantendo a integridade da estrutura.

Não é uma alternativa para qualquer obra. 

É um produto com custo muito alto para obras imobiliárias, por exemplo, mas já tem preço de mercado competitivo em comparação com as alternativas para obras de infraestrutura, como pontes, túneis, barragens e usinas hidrelétricas ou nucleares.

2. GPS na construção

O GPS, famoso nos celulares e ferramenta muito utilizada na movimentação cotidiana das pessoas, é outra tecnologia que está sendo aplicada na construção civil.

Quando utilizada nas motoniveladoras e escavadeiras para fazer a terraplanagem podem aumentar muito a eficiência, além de reduzir o consumo de combustíveis e a quantidade de mão de obra necessária para a execução dessa etapa.

A economia de combustível vem com a maior eficiência e menor tempo que as máquinas levam para executar as tarefas, o que se reflete, também, no aumento do tempo de vida útil desses equipamentos.

3. Computação em Nuvem e tecnologia móvel para acessibilidade

A facilidade em compartilhar, acessar e editar arquivos e documentos que a computação em nuvem traz, além da segurança de armazenamento, são uma grande vantagem que já é muito explorada na construção civil.

Quando essa tecnologia é aliada aos avanços da tecnologia móvel, o que vemos, mais do que a possibilidade de utilizar seu computador para acessar dados em qualquer lugar, é a possibilidade de fazer o mesmo usando um smartphone.

Isso significa que o engenheiro pode elaborar Relatórios Diários de Obra (RDO), corrigir cronogramas e compartilhar fotos e vídeos do canteiro de obras sem nem mesmo ter que buscar uma mesa e carregar um computador, basta um celular.

Essa combinação de tecnologias faz com que a solução de problemas e tomada de decisões seja muito mais rápida, reduzindo impactos negativos no cronograma e orçamento e aumentando a SST no canteiro de obras.

Saiba mais sobre como funciona o aplicativo móvel do Obra Prima aqui >

4. Drones 

Seja no planejamento, fazendo medições aéreas, durante a execução, realizando inspeções, ou produzindo materiais para enviar ao cliente e usar no marketing da construtora, fazendo vídeos muito mais detalhados, o drone é uma realidade também bastante popular na construção.

Existem muitas aplicações para o drone na construção, incluindo vigilância contra furtos e roubos. O melhor, é uma tecnologia com custo cada vez mais acessível mesmo para pequenas e médias construtoras.

Leia também: 

Drones na construção civil: para que servem e como utilizar essa tecnologia nas obras? >

5. Realidade aumentada

Mais do que uma tecnologia que beneficia construtora e projetos, é um grande diferencial na hora de otimizar planejamento e fechar contratos. 

Afinal, que cliente não se impressiona com o profissionalismo e detalhamento que ele realmente pode visualizar, em lugar de encarar uma planta no papel que, normalmente, ele não entende?

Com a realidade aumentada a construtora pode usar os vídeos do canteiro de obra, mesmo antes de começar a construir, para mostrar ao cliente a evolução da obra até a conclusão, construindo digitalmente em 3D e sobrepondo os vídeos.

Mais do que encher os olhos do cliente, a realidade aumentada auxilia a construtora a conseguir corrigir erros e identificar riscos dos projetos, oferecer treinamentos a seus profissionais e melhorar as medições de obras.

6. BIM

BIM, sigla em inglês para Building Information Modeling, em português Modelagem de Informações da Construção, é outra tecnologia que auxilia na criação de modelos virtuais do projeto.

Com essa tecnologia, a criação de projetos estruturais, hidráulicos e elétricos é muito mais precisa e detalhada. 

Os dados obtidos utilizando o BIM oferecem bases muito mais concretas para que a execução e gestão de obras possam ser acompanhados com menos falhas e imprevistos.

Além disso, o BIM é muito utilizado para facilitar o compartilhamento de informações e reduzir desperdícios e retrabalhos no canteiro de obras.

Softwares de gestão de obras: a tecnologia mais do que essencial

Talvez o maior diferencial que a construtora pode querer, é que é impensável seguir mais um ano sem um bom software de gestão de obras

Como o nome deixa claro, ele possui funcionalidades que atendem as necessidades de cada passo dado pela construtora no planejamento, execução e entrega da obra.

Com integração entre áreas de compras, financeiro, estoque, controles de fornecedores, orçamentos de obras e cronogramas variados, incluindo o físico-financeiro, é uma base essencial mesmo para controlar o investimento e uso das outras tecnologias.

Alguns modelos, como é o caso do software de gestão de obras Obra Prima, incluem mesmo a integração com a tabela Sinapi, otimizando ainda mais a elaboração e controle de orçamentos.

A melhor parte? 

Com planos que cabem no bolso e atendem as necessidades mais específicas da sua construtora, não importando se é de grande, médio ou pequeno porte.

Conheça clicando no banner abaixo as funcionalidades e planos Obra Prima e descubra os benefícios que sua construtora pode conquistar agora mesmo.

Experimente o nosso software de gestão de obras

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.