Pesquisar

Saiba tudo sobre a Norma Regulamentadora 10 (NR 10)

Entenda o que é a Norma Regulamentadora 10 (NR 10), seus principais objetivos, requisitos e impactos na segurança elétrica em ambientes de trabalho. 

Em um setor com índices tão altos de acidentes, é fundamental para o sucesso de uma empresa tomar cuidado com a segurança e o bem-estar dos seus colaboradores e dos usuários que depois vão desfrutar do edifício. 

Por isso, você precisa conhecer as normas regulamentadoras e o que elas recomendam. Acompanhe o texto a seguir e descubra tudo que precisa saber sobre a Norma Regulamentadora 10

A NR 10 é a norma regulamentadora que trata da segurança e saúde dos serviços em eletricidade, ela se aplica em quatro etapas, que são: geração, transmissão, distribuição e o consumo. 

Isso inclui também todas as etapas do projeto, construção, montagem, operação e, até mesmo, as instalações elétricas de quaisquer trabalhos que envolvam eletricidade e suas proximidades. 

A norma deve ser aplicada em todas as intervenções de instalações elétricas, mediante a técnicas de avaliação de risco. Garantindo sempre a saúde e a segurança dos profissionais envolvidos. 

A criação da NR 10 e sua evolução ao longo do tempo!

A NR 10 surgiu em junho de 1978. Conforme o tempo foi passando, suas diretrizes sofreram algumas atualizações, conforme a lei estabelecida em cada reforma nas normas regulamentadoras. 

As novas atualizações eram feitas com o intuito de oferecer mais segurança para os profissionais que atuam em todas as fases de energia elétrica ou até mesmo para os trabalhos que usam a eletricidade indiretamente. 

A importância da Norma Regulamentadora 10 (NR 10)

A Norma Regulamentadora 10 é de extrema importância para os colaboradores que atuam em áreas de extremo risco elétrico. Ela tem um sistema de resguardo e segurança para os profissionais, deixando o ambiente mais seguro e garantindo o bom funcionamento da empresa. 

Além de zelar pela segurança de todos os colaboradores, a NR 10 é uma norma que estipula limites e vantagens para aqueles funcionários que prestam serviços próximos a qualquer rede elétrica, assegurando o bem-estar e a segurança de todos. 

Cria-se essa norma em resposta ao alto índice de acidentes de trabalho envolvendo eletricidade. A falta de conhecimento ou o próprio descaso em relação aos riscos, seja do contratante ou do contratado, coloca o colaborador em situações muito graves. 

Entre os perigos do trabalho com eletricidade podemos destacar: choque elétrico, queimaduras, lesões nos músculos e nervos e até mesmo morte. Além disso, mesmo os serviços com tensões mais brandas podem ter efeitos que prejudicam a saúde no longo prazo. 

A reação ao choque pode provocar outros tipos de acidentes também, como a queda, que pode ser muito perigosa, principalmente se o colaborador estiver realizando uma tarefa nas alturas.  

Além de garantir a segurança do colaborador, o treinamento pode ser um grande diferencial para o profissional que deseja encontrar mais oportunidades no mercado de trabalho. Sem mencionar a economia que o empregador tem ao diminuir os custos com multas e despesas de acidentes de trabalho. 

As principais exigências da NR 10

Toda empresa CLT precisa seguir as disposições das Normas Regulamentadoras correspondentes às atividades que realiza. Por isso, veja as principais medidas que a NR 10 determina para a segurança dos colaboradores:

  • Iniciam-se as tarefas e atividades apenas mediante um planejamento e análise de risco prévia;
  • Aplicar medidas de controle e prevenção de riscos;
  • Implementar Medidas de Proteção Coletivas e Medidas de Proteção Individual;
  • Segurança em projetos de instalação elétricas;
  • Segurança na construção, montagem, operação e manutenção das instalações elétricas;
  • Segurança em instalações elétricas energizadas;
  • Segurança em instalações elétricas desenergizadas;
  • Medidas especiais para o trabalho envolvendo alta tensão (AT);
  • Medidas para habilitação, capacitação, qualificação e autorização dos colaboradores;
  • Medidas de proteção contra incêndio e explosão;
  • Sinalização de segurança. 

A Norma Regulamentadora 10 estipula que: 

10.8.8 Os trabalhadores autorizados a intervir em instalações elétricas precisam ter treinamento específico sobre os riscos decorrentes do emprego da energia elétrica e as principais medidas de prevenção de acidentes em instalações elétricas, segundo o estabelecido no Anexo II desta NR. 

Ou seja, só tem permissão para trabalhar em instalações elétricas, ou qualquer tarefa que envolva a exposição indireta ou direta com eletricidade, o colaborador que for treinado de acordo com as disposições presentes na NR 10. 

Além de entender o aspecto legal da norma, ele deve saber aplicá-la em todos os procedimentos de trabalho.  

A Norma Regulamentadora 10 também destaca a responsabilidade do empregador: afinal, a sua empresa tem o dever de entender e aplicar a norma em cada processo do trabalho, e instruir todos os colaboradores em relação aos riscos e as medidas de prevenção. 

Treinamento da Norma Regulamentadora 10 (NR 10)

O treinamento da NR 10 tem como intuito seguir a determinação concretizada pelo Ministério do Trabalho para os colaboradores conseguirem obter o conhecimento necessário para realizar o trabalho em segurança. 

Esse treinamento serve para a preparação correta do profissional para boas e até novas oportunidades de trabalho. Durante as aulas se faz uma espécie de checklist da NR 10, com todos os elementos da norma em um conteúdo programático. 

Se conduz a capacitação por pessoas qualificadas e reconhecidas pelo Sistema Oficial de Ensino. Então, o profissional que concluiu o treinamento e está apto, pode se tornar um instrutor do curso. 

Quem precisa de treinamento da Norma Regulamentadora 10 (NR 10)?

Todos os colaboradores que lidam direta ou indiretamente com instalações elétricas precisam fazer o treinamento NR 10. Eletricistas, por exemplo, são profissionais que trabalham expostos ao risco elétrico todos os dias. Da mesma maneira que eletrotécnicos e engenheiros elétricos também. 

Já o auxiliar de eletricista, ou profissionais da construção civil, tem contato indireto. Mas, também precisam ser treinados de acordo com as diretrizes determinadas na NR 10.

Atenção nas NRs!

As Normas Regulamentadoras são fundamentais para o sucesso da sua empresa! Por isso, você precisa conhecê-las e aplicá-las. 

Para ficar por dentro de tudo do setor da construção civil, acompanhe o blog do Obra Prima e siga a nossa conta no Instagram! 

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.