Pesquisar

A receita do sucesso: como trabalhar com planejamento e controle de obras

Como ser nota 10 em planejamento e controle de obras? Veja se a construtora precisa melhorar em alguns aspectos.
planejamento e controle de obras faz a diferença
planejamento e controle de obras faz a diferença

A falta de organização gera improdutividade e impede a construtora de crescer e de desenvolver o controle de obra. Evite isso!

Até para colocar simples revestimentos de tijolinhos é preciso de um processo claro, se existe o desejo de desenvolver o controle de obra na construtora. A serra mármore tem que estar à mão, assim como os espaçadores, a argamassa e a desempenadeira. Do contrário, a bancada de trabalho se torna improdutiva.

Se nas pequenas tarefas corriqueiras já é possível pecar no planejamento e controle de obras, imagine naquelas das quais sua construtora depende mais. Nesse último caso, o impacto é muito maior, podendo repercutir em atrasos no cronograma de obra e em prejuízo.

Afinal de contas, um dia a mais além do planejamento de obras é dinheiro a menos!

E, se com frequência ocorrem situações que fogem do controle, é preciso avaliar o modo como sua construtora têm se organizado. Afinal de contas, planejamento e cronograma de obra são procedimentos fundamentais para garantir mais produtividade e melhor desempenho financeiro.

De zero a 10, qual nota você daria à sua organização de processos e finanças?

Saiba que é possível se manter sempre no topo ao perceber que planejamento e controle de obras fazem a diferença!

Confira alguns aspectos nos quais a sua construtora pode se tornar melhor para conquistar ou manter a nota 10!

Promover o controle de obra

Quando você sente que tem o controle de obra nas mãos?

  1. No momento em que abre o aplicativo de mensagens ou o e-mail e não tem nenhuma queixa de cliente ou do mestre de obras.
  2. Assim que verifica o saldo da conta jurídica e o seu extrato pessoal, que estão todos no azul.
  3. Não há pedidos de novos materiais ou de compras de ferramentas.

Aparentemente, todas essas opções parecem compor o melhor cenário. Mas não se engane com as aparências.

No primeiro caso, é possível que haja insatisfação por parte da equipe e dos clientes por situações como, por exemplo, a falta de ferramentas ou de informações sobre o andamento da obra.

No segundo, fica claro um dos maiores erros do construtor: confiar mais no saldo do que no fluxo de caixa para fazer e projetar a gestão financeira.

E, no último caso, seus colaboradores podem estar ociosos ou trabalhando em ritmo mais lento, mas acabam reportando a você a falta de um item ou ferramenta quando o prazo já estourou.

Enquanto parece que está tudo certo, no fim das contas as coisas não vão tão bem assim. O que é sinal de que você não tem conseguido acompanhar a obra. Ela foge do controle. E isso gera atrasos e falta de produtividade.

Para promover o controle de obra, siga adiante na leitura e entenda o que é preciso mudar!

Evoluir das planilhas para sistemas especializados

Você mantém o cronograma de obra, o orçamento e os dados financeiros em planilhas? Saiba que elas podem agravar e até originar problemas de planejamento que acabam gerando prejuízos para a empresa.

Os principais motivos para você reconsiderar as planilhas na sua gestão são:

  • Falta de integração de dados;
  • Vulnerabilidade das informações a erros humanos;
  • Tempo dedicado à geração de relatórios;
  • Retrabalho ou repetição de rotinas não automatizadas;
  • Dependência de fórmulas complicadas.

São muitos os outros pontos de atenção. Mas esses já são suficientes para você reconsiderar qualquer benefício que pense ter com o uso de planilhas para planejamento e cronograma de obras.

No começo as planilhas podem ser muito úteis. Mas ao longo do tempo, é possível enxergar claramente as limitações dessas ferramentas e colecionar motivos para evoluir em direção a tecnologias que garantam mais planejamento e controle de obras.

É o caso de uma das gestões mais importantes da sua construtora: a administrativo-financeiro.

Conquistar melhor controle financeiro

Há dois controles financeiros que uma construtora com planejamento e cronograma de obras claro exerce:

  1. Fluxo de caixa;
  2. Capital de giro.

O segundo depende de uma ótima gestão do primeiro. E você depende de uma tecnologia especializada na construção civil para contabilizar no seu fluxo de caixa, desde as despesas fixas e variáveis até a projeção de pagamento de impostos e depreciação ou valorização do patrimônio ao longo da obra.

Por mais simples que sejam os seus serviços, eles não obedecem às mesmas lógicas de fluxo de caixa de empresas de outros segmentos. Então, um contador sem especialização em negócios de construção civil também não atenderia às suas necessidades financeiras de planejamento e controle de obras.

Você mesmo pode fazer isso com a tecnologia certa!

Sistemas especializados oferecem fluxo de caixa automatizado, integrado ao cronograma de obra. Assim, o seu controle de execução está vinculado diretamente ao desempenho financeiro. O que é uma prática real no dia a dia da construtora, mas que não repercute nas tarefas de gestão quando os mecanismos de controle são genéricos como os das planilhas.

E, se as ferramentas de gerenciamento são insuficientes, como saber quais os reais motivos (além delas próprias) para as fugas de planejamento?

Pois é, esse é outro ponto que sua construtora pode melhorar para se tornar nota 10 no planejamento e controle de obras.

Encontrar os reais motivos para fugas de planejamento

A gestão de uma construtora é pautada em processos bastante diversificados. Afinal, são várias as modalidades de contrato e os tipos de serviços ofertados. Você pode se especializar em reformas, mas em outro momento optar por pegar um projeto de empreitada para construção de uma casa, da fundação ao acabamento.

Cada uma dessas modalidades de serviços tem seus processos. Há uma curva de aprendizado para que o domínio sobre eles se desenvolva. Enquanto esse conhecimento amadurece, alguns desafios vão sendo contornados. E você precisa aprender com eles.

Mas como fazer isso se nem tempo sobra para notar de onde as situações desafiantes se originam?

Comece com uma mudança: invista em tecnologia no planejamento e controle de obras!

Aqui no blog do Obra Prima trazemos para você conteúdos que ajudam a  construtora a ter um cronograma de obras organizado. Isso porque acreditamos que essa é a melhor maneira de proporcionar produtividade e crescimento para a sua construtora.

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.