Menu

Planejamento de obras: importância e passo a passo

Amanda Gregio

Compartilhe nosso conteúdo

Confira como fazer o planejamento de obras. Entenda a importância e o passo a passo!

O planejamento de obras é o primeiro passo para a definição e organização do projeto. É a combinação de várias atividades fundamentais, como o orçamento, cronograma e o posterior controle da construção. 

O que é o planejamento de obras?

Essa é a primeira etapa de qualquer projeto construtivo. Nele, se estabelece os objetivos, custos, prazos, acompanhamento, etapas, controle e outras atividades de cunho organizacional da obra. Assim, o planejamento funciona como um grande guia que orienta todos os profissionais envolvidos na realização e gestão do projeto. 

Com um planejamento eficiente é possível assegurar que o projeto seja entregue com a qualidade desejada, dentro do orçamento previsto e no tempo combinado. 

Os impactos da falta de estratégia no planejamento de obras

A construção civil é um dos setores menos digitalizados e produtivos da indústria. A falta de eficiência e as atividades manuais torna todo o processo muito longo e custoso. Esses gastos envolvem diversos aspectos, desde a compra de materiais que não são utilizados e geram desperdício, até a contratação de uma mão de obra que está sendo impedida de trabalhar por algum motivo. 

Essas falhas, que acontecem de forma rotineira e acabam prejudicando o orçamento, poderiam ser evitadas com um bom planejamento.  

Quais os tipos de planejamento de obras?

Na construção civil, existem diversos tipos de planejamento para gerenciar os projetos com eficiência. Entre eles, o horizontal e o vertical, entenda melhor: 

Planejamento Horizontal

Este tipo de planejamento se refere à distribuição das tarefas ao longo do tempo, ou seja, o cronograma geral do projeto. Envolve a determinação das etapas do projeto, estimativas de prazos para cada fase e a alocação de recursos de maneira sequencial. 

Possibilita visualizar o fluxo de trabalho ao longo do tempo, identificar dependências entre as tarefas e assegurar que o projeto avance de acordo com o cronograma estabelecido. 

Planejamento Vertical

Já o planejamento vertical está relacionado à hierarquia das tarefas dentro de cada etapa do projeto. Envolve a decomposição de atividades em subatividades menores dentro das fases da obra e a determinação da sequência e interdependência entre elas. Possibilita ter uma visão detalhada das atividades, simplificando o acompanhamento e controle da evolução. 

Qual a importância e os impactos do planejamento e controle de obras?

Sem o planejamento de obras é impossível prever e medir quanto uma obra custará, quanto tempo ela vai demorar e qual será a qualidade final. Sem o controle, não há como garantir que a realização seguiu aquilo que foi determinado no planejamento. 

Por isso, o planejamento e controle de obras são processos cruciais para o sucesso de um empreendimento, assegurando conformidade, maior qualidade, produtividade e economia. 

Servir de base para a execução

O planejamento é fundamental porque serve como um guia de orientação e especificações técnicas para os procedimentos e processos que se aplicarão. Assim, os profissionais terão uma base de consulta sempre que forem fazer uma tarefa. 

Por isso, deve-se fazer um planejamento com antecedência, evitando que haja desconformidade, gastos desnecessários e retrabalhos. 

Garantir o cumprimento das normas

No planejamento, os profissionais vão conferir as normas técnicas e especificar como será construido cada detalhe. Então, na hora de realizar o controle da obra, será possível analisar, através de checklists, por exemplo, se a execução está respeitando as normas.  

Evitar o acúmulo de problemas

Um bom planejamento passa pela etapa de identificar os possíveis riscos e problemas que podem aparecer durante a execução da obra, assim como formas de resolvê-los para evitar gastos excessivos e atrasos

Assim, com um controle feito com frequência, é mais simples encontrar gargalos no momento que eles aparecem, assegurando que os resolvam com rapidez e evitando o acúmulo de problemas.  

Como fazer o planejamento de uma obra?

Existem diversas formas de fazer um planejamento de obras. Confira a seguir o passo a passo que preparamos para você aplicar nos seus projetos: 

1. Organize as atividades e serviços no planejamento de obras

    Primeiramente, essa é a etapa que precisa preceder as demais. Nela, acontece a determinação do método construtivo e do cronograma de obra como um todo, com todos os detalhes. 

    Com o método construtivo definido é o momento de separar e sequenciar a obra em tarefas e etapas. Durante o cálculo do tempo necessário uma dica é adicionar uma margem de segurança para eventuais problemas e imprevistos. 

    Então, por mais difícil que seja, evite organizar as tarefas que tenham total dependência de outras (atividades com precedência). Caso uma delas falhe, as chances de atrasar todo um setor do projeto aumentam muito. 

    Após dividir e sequenciar, levanta-se os serviços a serem realizados. Durante a determinação desses serviços, o gestor pode chamar os responsáveis por cada frente de trabalho para ter as medidas mais realistas de tempo de execução e recursos necessários. 

    A criação da hierarquia ainda dilui a responsabilidade e favorece a cobrança por cumprimento dos prazos combinados. 

    2. Levante os quantitativos no planejamento de obras

      Após identificar os serviços, é preciso levantar as quantidades de cada um. Esse levantamento serve de base para o orçamento dos insumos, como mão de obra, materiais, dimensionamento de times e equipamentos. 

      É um processo trabalhoso, que exige muita organização e atenção, porque um erro nessa etapa, pode acabar se propagando por todo o resto do planejamento. Uma dica é manter a memória dos cálculos, com o intuito de facilitar o entendimento e identificar possíveis erros. 

      3. Levante Custos Diretos

        Chegou a hora de levantar os custos diretos. Para isso, se deve multiplicar as quantidades de serviços pelas composições de custos unitários. Assim, será possível encontrar uma estimativa de custos com materiais, mão de obra e equipamentos para cada serviço e para todo o projeto. 

        4. Tenha atenção ao cronograma físico

          O cronograma físico estima o tempo que as tarefas vão levar para serem concluídas. Também é incluso o sequenciamento, baseado nas datas de começo e fim das atividades. 

          Esta etapa tem um aspecto gerencial, fazendo parte da gestão da obra. A sua criação envolve decisões em relação ao tempo-custo na elaboração e acompanhamento da construção. 

          Então, é essencial lembrar que dificilmente o cronograma acontece como planejado, ocasião que entra a capacidade e habilidade de quem está no controle das decisões. 

          5. Elabore um cronograma financeiro

            Elabora-se o cronograma financeiro em função da disponibilidade financeira da empresa e do cronograma físico. Por isso, é crucial simplificar a visualização do calendário de receitas e despesas do projeto. 

            Assim, a empresa pode se preparar financeiramente e controlar as entradas de receita e os pagamentos das despesas. Dessa maneira, é possível verificar os períodos de superávit e déficit no fluxo de caixa. 

            Como garantir um bom planejamento e controle de obras?

            Uma das maneiras de garantir que todos estejam na mesma página, do começo ao fim do projeto, é investir em treinamentos e manter os canais de comunicação sempre abertos e transparentes. 

            Também é fundamental investir em ferramentas que ajudem a tornar o processo mais eficiente e preciso.

             Para mais conteúdos exclusivos como este, acompanhe o blog do Obra Prima! Aproveite também para seguir a nossa conta no Instagram.

            Pesquisar matéria

            Quer transformar sua gestão de obras?

            Experimente o sistema Obra Prima!

            Matérias relacionadas

            Planejamento de obras: importância e passo a passo

            Experimente o sistema Obra Prima!

            Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

            Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

            Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.