Menu

Pequenas construtoras: erros que estão atrapalhando o seu crescimento na construção civil

Amanda Gregio

Compartilhe nosso conteúdo

Confira aqui as dicas que preparamos para que as pequenas construtoras parem de cometer erros e consigam crescer no setor.

A indústria da construção civil desempenha uma função primordial na economia do país e do mundo e tem diversas incumbências vitais para o desenvolvimento e o bem-estar da sociedade. As pequenas construtoras têm um papel particularmente essencial neste cenário. 

Afinal, elas são responsáveis pela geração de empregos locais, crescimento econômico, desenvolvimento da infraestrutura, habitação e moradia, inovação e competição, atendimento a mercados específicos, desenvolvimento regional e adaptação das necessidades locais. 

As pequenas construtoras desempenham uma função muito importante dentro do setor da construção civil, contribuindo para o crescimento econômico, o desenvolvimento da infraestrutura, o fornecimento de moradias acessíveis e a criação de novos empregos. Sua capacidade de atender a nichos de mercado específicos e agilidade são primordiais para a saúde e diversidade da indústria como um todo. 

Ainda assim, devido ao seu porte e recursos limitados, as pequenas construtoras enfrentam alguns desafios, como o acesso a capital e financiamento, competição com grandes empresas, custos elevados de materiais e mão de obra, regulamentação e requisitos legais, gestão de projeto e prazos, desafios de recursos humanos, riscos e seguros, marketing e vendas, flutuações econômicas, tecnologia e inovação, entre outros. 

Ao lidar com esses desafios, elas podem acabar cometendo erros que acabam limitando o seu crescimento e sucesso no setor. Por isso, vamos te ajudar a identificar esses equívocos e fornecer estratégias práticas para superá-los. Acompanhe no texto a seguir. 

7 erros comuns que as pequenas construtoras podem cometer 

Administrar uma construção não é tarefa fácil. São muitos detalhes que não podem simplesmente passar despercebidos para garantir o sucesso e a rentabilidade dos projetos. 

Existem muitas ferramentas hoje em dia que podem ajudar a manter tudo sob controle e garantir o andamento da obra com precisão e qualidade. Descubra quais são os erros e como esses instrumentos de trabalho podem auxiliar na rotina e assegurar o sucesso dos seus projetos, confira: 

  1. Falta de planejamento financeiro adequado;
  2. Má gestão de recursos e cronogramas;
  3. Uso inadequado de tecnologia e sistemas;
  4. Ausência de estratégias de marketing e posicionamento;
  5. Falhas na comunicação com os envolvidos;
  6. Escolha errada de parceiros;
  7. Não acompanhar de perto a evolução da obra.

Agora que você conhece os erros, vamos entender melhor cada um deles para descobrir como evitá-los nos seus projetos: 

  1. Falta de planejamento financeiro adequado

A falta de um planejamento financeiro adequado pode provocar problemas de caixa, dificuldades em pagar colaboradores e fornecedores, e pode limitar a capacidade de investir em novos projetos e no crescimento da construtora. 

Para evitar esse contratempo, é importante que as pequenas construtoras desenvolvam e coloquem em prática um planejamento financeiro sólido. Isso inclui a elaboração de um orçamento detalhado, a projeção de fluxos de caixa, a identificação de fontes de financiamento quando necessário e a gestão cuidadosa das finanças da organização. 

Um planejamento financeiro adequado ajuda a assegurar a estabilidade financeira e permite que a construtora cresça de maneira sustentável e aproveite as oportunidades de negócio que aparecerem. 

  1. Má gestão de recursos e cronogramas

Uma má gestão de recursos, incluindo materiais e mão de obra, pode resultar em custos extras, atrasos no projeto, má qualidade do trabalho e desperdícios. Para evitar esses problemas, as pequenas construtoras precisam adotar práticas de gestão eficazes que incluem um planejamento muito detalhado dos recursos disponíveis e cronogramas realistas. Isso garante a eficiência operacional, a satisfação do comprador e a qualidade do trabalho oferecido, criando uma base sólida para o crescimento sustentável da construtora. 

Se você ainda sofre com a elaboração do cronograma, baixe o modelo gratuito do Obra Prima, com ele é possível cumprir os prazos de entrega, planejar todas as etapas do projeto, acompanhar a realização da obra e controlar o tempo investido em cada etapa. Clique na imagem abaixo, faça o download e comece a usar: 

  1. Uso inadequado de tecnologia e sistemas

A tecnologia tem um papel fundamental na eficiência da construção civil. Não adotar as ferramentas e sistemas adequados pode resultar ineficiência operacional, erros e inconsistências, dificuldades em acompanhar os custos, entre outros, prejudicando a qualidade e produtividade da entrega. 

Para superar esse obstáculo, as pequenas construtoras devem considerar a adoção estratégica de sistemas e tecnologia que sejam adequadas às suas necessidades e ao seu tamanho. Isso pode incluir a implementação de softwares de gestão de projeto, uso de aplicativos móveis para monitoramento de obras, automação de processos e investimento em sistemas eficientes de comunicação. 

A utilização apropriada da tecnologia melhora a eficiência operacional e pode impulsionar o crescimento da sua construtora, a tornando mais competitiva no mercado.  

  1. Ausência de estratégias de marketing e posicionamento

A construção civil é um setor da economia extremamente competitivo. A falta de estratégias de marketing eficientes pode resultar em grandes dificuldades para atrair e fidelizar clientes, no fechamento de novos projetos e na construção de uma marca sólida. 

Para vencer essa barreira, é importante que as pequenas construtoras desenvolvam e implementem estratégias de marketing e posicionamento que se alinhem com os seus objetivos de negócio. 

Isso pode incluir a criação de um bom site, a utilização de redes sociais para construir uma presença de marca online, a participação de eventos e feiras do setor, a referências de clientes satisfeitos e a comunicação clara da proposta de valor. Estratégias de marketing eficientes podem impulsionar o crescimento , aumentar a visibilidade da construtora e ajudar a empresa a alcançar as metas estabelecidas. 

  1. Falhas na comunicação com os envolvidos

A comunicação eficaz com clientes, equipes, subempreiteiros e outros envolvidos é fundamental para evitar conflitos, atrasos, desperdícios e mal-entendidos. Falhas na comunicação podem ter um impacto negativo na reputação da construtora.

É essencial que, para evitar esses problemas, as construtoras adotem práticas de comunicação eficientes em todas as fases dos seus projetos. Isso inclui a determinação clara de expectativas, a documentação de acordos por escrito, o uso de ferramentas de gestão de projetos que facilitem a colaboração e o acompanhamento e a comunicação regular com o time. Investir na melhoria da comunicação não apenas melhora a qualidade das obras, mas também ajuda no crescimento saudável e sustentável da empresa. 

  1. Escolha errada de parceiros

A escolha errada de parceiros pode afetar de maneira negativa o crescimento de pequenas construtoras de diversas maneiras, como: qualidade de trabalho, atrasos de projeto, custos adicionais, reputação prejudicada, dificuldade em manter prazos, desafios legais, desgaste nas relações comerciais, impacto na lucratividade, entre muitos outros. 

Então, é importante que as pequenas construtoras conduzam uma diligência prévia adequada para escolher os parceiros. Essa etapa inclui verificar as credenciais, histórico de desempenho e reputação dos subempreiteiros e fornecedores. 

Manter relacionamentos de trabalho de longo prazo com parceiros de alta qualidade e confiança é fundamental para o crescimento e o sucesso contínuo da construtora. Além disso, ter contratos sólidos e bem definidos com parceiros pode ajudar a reduzir os riscos e garantir o cumprimento das obrigações contratuais.  

  1. Não acompanhar de perto a evolução da obra

A falta de supervisão adequada pode provocar problemas de qualidade, desperdícios de recursos, custos extras, insatisfação do cliente e atrasos não detectados a tempo. Acompanhar de perto o progresso do projeto é primordial para garantir que tudo esteja saindo de acordo com o que foi planejado.  

É essencial que as pequenas construtoras adotem práticas de gestão de projeto eficientes que incluam um acompanhamento regular da obra. Isso envolve a designação de supervisores ou gerentes de projetos responsáveis por monitorar a evolução, garantir a qualidade e o cumprimento dos prazos. 

Além disso, a utilização de ferramentas de gestão de projetos, como os softwares de acompanhamento de relatórios e tarefas, pode ajudar a manter a construtora informada e no controle das operações. Um acompanhamento adequado melhora a qualidade e eficiência dos projetos e contribui para o crescimento sustentável e saudável da empresa. 

4 dicas para ajudar no crescimento das pequenas construtoras

Agora que você sabe quais são os erros que impedem o crescimento das pequenas construtoras, vamos descobrir quais são as dicas para ajudar no seu desenvolvimento e sucesso no mercado. 

  1. Investir na capacitação do time e no desenvolvimento das habilidades individuais;
  2. Priorizar o controle de custos e o acompanhamento financeiro;
  3. Implementar processos eficientes de gestão de obras;
  4. Investimento em tecnologias. 

Acompanhe o texto a seguir e descubra como aplicar essas dicas na sua construtora: 

  1. Investir na capacitação do time e no desenvolvimento das habilidades individuais

Investir na capacitação da sua equipe e no desenvolvimento das habilidades individuais é muito importante para o crescimento sustentável das pequenas construtoras. Isso traz vantagens significativas para a sua empresa, equipe e projetos. 

Algumas das maneiras pelas quais esse investimento ajuda são: melhoria da qualidade do trabalho, aumento da produtividade, redução de erros e retrabalho, maior competitividade, adaptação a novas tecnologias, retenção de talentos, crescimento de lideranças internas, conformidade com regulamentações, melhoria da comunicação e flexibilidade para os novos desafios. 

Para colocar em prática uma estratégia de capacitação eficaz é fundamental identificar as necessidades específicas de treinamento do time e criar programas que atendam a essas demandas. Isso pode incluir o treinamento técnico, desenvolvimento de habilidades de liderança, cursos de segurança e muito mais. 

Ao investir na capacitação da equipe, as pequenas construtoras estão investindo no seu próprio crescimento a longo prazo, na qualidade dos projetos e na construção de um time muito competente e satisfeito. 

  1. Priorizar o controle de custos e o acompanhamento financeiro

Priorizar o controle de custos e o acompanhamento financeiro tem um papel essencial no crescimento de pequenas construtoras. Isso é fundamental para a saúde financeira da empresa e para a capacidade de expandir de maneira sustentável. 

Algumas razões pelas quais essa priorização é benéfica são: melhor gestão do orçamento, identificação de ineficiências, tomada de decisões informadas, redução do desperdício, capacidade de cumprir os compromissos financeiros, aumento da margem de lucro, entre muitos outros. 

Para priorizar o controle de custos e acompanhamento financeiro, as pequenas construtoras devem estabelecer processos e sistemas eficientes para registrar e analisar as finanças do negócio. Isso inclui a elaboração de orçamentos detalhados, a monitorização regular dos gastos em relação ao orçamento e o uso de softwares de gestão financeira e contabilidade. 

A construtora também precisa manter registros precisos e estar preparada para ajustar as estratégias financeiras conforme necessário para garantir a estabilidade e crescimento da empresa.  

  1. Implementar processos eficientes de gestão de obras

A implementação de processos eficientes de gestão de obras tem um papel fundamental no crescimento das pequenas construtoras. Isso melhora a capacidade da empresa de realizar os projetos com êxito, gerenciar recursos efetivamente e conquistar a confiança dos compradores. 

Algumas maneiras pelas quais a implementação desses processos beneficia a construtora são: melhoria da eficiência operacional e da comunicação, aumento da qualidade do trabalho, controle de custos, cumprimento de prazos, maior transparência, redução de retrabalhos e erros, entre muitos outros. 

Para implementar processos eficientes de gestão de obras é essencial criar fluxos bem definidos de trabalho, estabelecer protocolos de comunicação claros, usar softwares de gestão de projetos e investir na capacitação do time. 

A empresa também deve estar aberta para avaliar e melhorar constantemente seus processos para manter-se competitiva e pronta para enfrentar desafios em um mercado que está sempre em transformação. A implementação desses processos é um investimento que contribui para o crescimento sustentável e a longevidade da construtora. 

  1. Investimento em tecnologias

Por último, a dica mais importante. O investimento em tecnologia tem um papel fundamental no crescimento de pequenas construtoras, proporcionando diversas vantagens competitivas e oportunidades de melhoria. Entre os motivos que tornam esse investimento tão benéfico podemos destacar: eficiência operacional, redução de erros, gestão de projetos, estimativa de custos precisas, comunicação aprimorada, gestão de documentos, segurança e monitoramento, mobilidade, tomada de decisões embasadas em dados, melhoria da experiência do consumidor, entre outros. 

É importante notar que o investimento em tecnologias precisa ser planejado e gerenciado de maneira adequada. Isso inclui a avaliação de necessidades específicas da construtora, treinamento de equipe no uso de novas ferramentas e garantia de que o sistema seja atualizado regularmente. 

Um investimento bem planejado e estruturado pode trazer um retorno considerável para as pequenas construtoras, impulsionando o seu crescimento e competitividade no mercado da construção. 

Quer conhecer a ferramenta ideal para pequenas construtoras que buscam desenvolvimento no mercado? Clique na imagem abaixo e agende uma demonstração gratuita e sem compromissos do sistema do Obra Prima: 

Com o software de gestão de obras do Obra Prima é possível otimizar processos e melhorar a tomada de decisão na sua construtora. A automação e centralização de informações pode aumentar a produtividade dos seus projetos e reduzir os erros que provocam prejuízos e dores de cabeça! 

Invista no futuro da sua construtora!

As pequenas construtoras têm um potencial significativo no mercado da construção civil, mas para conseguirem atingir o sucesso, elas precisam identificar e corrigir esses erros que podem estar limitando o seu crescimento. Então, coloque as dicas em prática no seu negócio e acabe com essas barreiras. 

Para mais conteúdos como este, acompanhe o blog do Obra Prima e siga a nossa conta no Instagram, estamos sempre compartilhando novidades e dicas interessantes que vão te ajudar a crescer e se desenvolver. 

Pesquisar matéria

Quer transformar sua gestão de obras?

Experimente o sistema Obra Prima!

Matérias relacionadas

Pequenas construtoras: erros que estão atrapalhando o seu crescimento na construção civil

Descubra os erros que estão prejudicando o crescimento das pequenas construtoras na indústria da construção civil e aprenda a evitá-los.
Pequenas construtoras: erros que estão atrapalhando o seu crescimento na construção civil
Pequenas construtoras: erros que estão atrapalhando o seu crescimento na construção civil

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.