Pesquisar

Pare agora: 5 erros na gestão de obras

Conheça os 5 erros na gestão de obras que você precisa parar de cometer agora mesmo na sua construtora. Confira aqui e já descubra as soluções:
Pare agora: 5 erros na gestão de obras!
Pare agora: 5 erros na gestão de obras!

Descubra aqui como fugir dos erros na gestão de obras que prejudicam a saúde financeira das construtoras. 

Os desafios da gestão de obras são muitos. A quantidade de atividades, materiais e detalhes a serem controlados pelas empresas da construção civil são complexos e intermináveis, a cada dia o acompanhamento deve ser otimizado e os processos melhorados.

Em meio a tantos detalhes, não é raro que uma pequena desatenção cause problemas dos mais simples de resolver até grandes prejuízos que possam impedir a continuidade da execução do projeto.

Sabemos que erros são normais, afinal a construção civil é marcada por imprevistos, mas deixar que eles passem despercebidos é um problema que pode ser facilmente corrigido pelas construtoras.

Erros na gestão e execução de obras PODEM e DEVEM ser evitados e nós vamos ensinar como.

5 erros na gestão de obras para nunca mais cometer

Evitar erros na construção civil e gestão de obras exige, antes de mais nada, conhecê-los bem para poder identificar quando acontecem (ou quando existe o risco de acontecer) e poder tomar as medidas corretas.

Conheça aqui os 8 principais erros aos quais você precisa estar atento e para os quais medidas preventivas devem ser colocadas em prática desde os primeiros momentos do planejamento de obras.

1. Falhas no desenvolvimento do projeto

Projetos da construção civil sempre devem ser desenvolvidos por profissionais. Muito mais que os desenhos dos espaços e onde cada elemento é colocado na planta, o projeto deve ser um guia completo para a execução de obras do início ao fim. Desenvolver as etapas da gestão com base em um projeto com erros sempre será o início de uma bola de neve de erros, prejuízos e problemas.

Profissionais pouco capacitados cometem erros de cálculo no tamanho das estruturas, quantidades de materiais necessários, tempo real de execução de atividades e em muitos outros detalhes que representam o fracasso de todo o planejamento, elaboração de cronogramas e orçamento e garantia de qualidade da obra.

Projetos de construção civil devem sempre ser realizados por engenheiros civis e arquitetos, garantindo a formação e qualificação profissional necessárias.

2. Orçamentos incompletos e pouco realistas

Orçamentos eficientes devem conter cada elemento a ser pago do momento do desenvolvimento do projeto à entrega da obra pronta ao cliente. Mais do que isso, ele deve sempre ser elaborado com base em valores realistas dos custos praticados no mercado.

De nada adianta um orçamento entregue sem a quantidade correta de materiais ou considerando o valor mais baixo encontrado na pesquisa e cotação com fornecedores. Esse é o tipo de orçamento que quando colocado em prática no dia a dia do canteiro de obras, resultará em custos extras, compras emergenciais e o sacrifício da margem de lucro das construtoras, isso quando não for impossível finalizar a obra por falta de dinheiro.

Ao calcular o orçamento lembre-se sempre de ter como base cálculos de quantidades de insumos corretos, de considerar a Tabela Sinapi para ter valores mais realistas e de adotar tecnologias que automatizam os cálculos e eliminam erros simples nas contas.

3. Cronograma mal definido

Assim como acontece com o orçamento, ter um cronograma que não considera a real necessidade de tempo para a execução de cada atividade é sinal de problemas e erros que geram prejuízos para o projeto e construtora.

Lembre-se, cada hora trabalhada tem um custo de mão de obra e locação de equipamentos, as licenças para execução do projeto possuem datas finais e seu cliente confia nos prazos dados por você.

Tome sempre como base informações concretas oferecidas pelos trabalhadores, verifique históricos de outras obras semelhantes executadas pela construtora, considere uma margem para imprevistos e faça o acompanhamento constante para identificar pequenos atrasos e corrigi-los antes que gerem perda de prazos.

4. Compra de materiais sem considerar custo-benefício

Esse erro é um dos mais comuns de cometer e pode impactar orçamento, cronograma, qualidade e segurança do projeto. Com os altos custos da construção civil e um orçamento limitado, não é raro que construtoras busquem formas de cortar custos, muitas vezes confiando em materiais mais baratos.

Ainda que possa gerar economia, essa decisão também pode gerar muitos problemas e erros. A decisão da compra de materiais sempre deve levar em consideração o custo-benefício, a economia no custo de materiais geralmente vem acompanhada de perda na qualidade.

Claro, nem sempre preços mais altos são a solução, por isso sua construtora deve investir em ferramentas que permitam fazer Fichas de Verificação de Materiais, garantindo ao departamento de compras um catálogo que indique as marcas e produtos com melhor custo-benefício para cada tipo de obra.

Descubra mais sobre o que é a FVM, OU Ficha de verificação de Materiais com os conteúdos Obra Prima.

5. Contratação de mão de obra sem qualificação

Erros no canteiro de obras também são um erro que pode e deve ser corrigido. Ter profissionais qualificados e experientes é essencial para garantir que as etapas e atividades da obra sejam executadas corretamente e com a qualidade esperada. Para melhorar ainda mais a gestão de obra, investir em treinamentos pode ser a melhor alternativa nesse caso.

Evitar erros é mais fácil com o software de gestão de obras correto

Se a gestão de obras depende do controle do planejamento e execução e evitar erros exige olhar de perto para cada detalhe, nada mais justo que afirmar que a construtora só conseguirá evitar erros investindo em um sistema de gestão eficiente.

O software de gestão de obras do Obra Prima é desenvolvido pensando exatamente nessas dores e oferecendo soluções práticas e eficientes para construtoras de todos os tamanhos.

Com funcionalidades específicas para cada departamento e que automatizam e otimizam o cálculo de materiais, orçamentos e cronogramas, sem deixar de lado a visibilidade do acompanhamento do canteiro de obras, sua construtora consegue resultados muito melhores com muito menos erros.

Conheça agora mesmo as funcionalidades do software do Obra Prima e invista em melhores resultados para todos os seus projetos clicando na imagem abaixo. Acompanhe o que acontece no mundo da construção civil no nosso blog, siga também o nosso Instagram para ficar por dentro das novidades e não perca um episódio do nosso podcast, o ObraCast, tem muita informação valiosa para você em todas as nossas plataformas.

Software de gestão de obras

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.