Pesquisar

Para ser mais feliz no trabalho e alcançar suas metas, crie novas narrativas

Como você define o seu papel no seu trabalho? Você é um líder? Alguém que não leva desaforo pra casa? Um oprimido? Um injustiçado? Estão todos contra você?
metas
metas

Como você define o seu papel no seu trabalho? Você é um líder? Alguém que não leva desaforo pra casa? Um oprimido? Um injustiçado? Estão todos contra você?

Agora pergunte a si mesmo: pensar dessa maneira tem um impacto negativo ou positivo na sua vida? O que seria necessário para mudar essas histórias?

Os seres humanos precisam de coerência, de acordo com um artigo recente da Harvard Business Review (HBR), a maneira mais poderosa pela qual nossos cérebros criam coerência é através da narração inconsciente de histórias: “unindo nossa experiência interna e o que observamos ao nosso redor processo de narração que explica por que nós e os outros fazemos o que fazemos” explica o artigo da HBR. Repetimos essas histórias para nós mesmos e elas criam nossa realidade.

Se você acorda todos os dias e vai trabalhar esperando que seus colegas sejam grosseiros com você ou que não levem suas ideias a sério, por exemplo, é muito mais provável que você veja as dificuldades bem maiores do que elas realmente são.

Esse tipo de pensamento é extremamente prejudicial ao nosso bem-estar, pois as histórias que contamos a nós mesmos bloqueiam o crescimento e a felicidade. Em vez de reconhecer nossas histórias como momentos e situações que incluem mudanças e aprimoramento, podemos interpretá-las erroneamente como verdades imutáveis, nos fazendo acreditar que as coisas simplesmente são assim e ponto final. Essas histórias, por sua vez, afetam nossa tomada de decisões no trabalho e na vida.

Embora possa ser difícil se libertar das histórias que repetimos para nós mesmos, às vezes é necessário reescrevê-las. Se você tem a ideia de que o trabalho é uma coisa desagradável, adivinhe o que vai acontecer? Provavelmente é o que o seu trabalho será, pois como falamos acima, as suas histórias criam a sua realidade.

Uma mudança na narrativa que você conta a si mesmo pode não mudar tudo isso, mas é um passo para se tornar mais feliz, livre e mais produtivo.

E se você não for quem você pensa que é?

trabalho

Como reescrever sua história

Como você pode mudar sua perspectiva? O primeiro passo é identificar e trabalhar as histórias que você conta sobre você e sobre os outros. Isso ajuda você a entender o que defende e por que você age e reage de uma maneira ou de outra. Identifique um desafio pessoal ou coletivo que você esteja enfrentando. Qual é a história básica que você conta sobre esse assunto?

Se você está tendo problemas para se conectar com seu chefe, por exemplo, pergunte-se por que você acha que está. A história que você conta sobre este assunto é limitante ou libertadora? Se você está tendo problemas com seu chefe, muito provavelmente sua história está bloqueando o seu sucesso: você não está trabalhando com seu chefe, possivelmente perdendo grandes tarefas ou oportunidades.

Procure a desconexão entre o que você quer (uma grande tarefa ou meta) e a narrativa que você usa para justificar seu comportamento atual.

O próximo passo é considerar o que você gostaria de mudar e como sua história precisaria mudar para ajudar você a alcançar seu objetivo. Você pode reter alguns elementos de sua história como princípios fundamentais, mas deixar os outros de lado e adicionar novas linhas na sua nova história.

Isso significa refletir sobre todos os seus valores para construir uma nova história libertadora. Agora, por exemplo, você valoriza ser um mártir no local de trabalho. Pare e pense sobre os efeitos que essa história está tendo em seu trabalho e em sua vida em geral – o que aconteceria se você, em vez disso, pensasse em si mesmo como um colaborador cujas opiniões e trabalho fossem valorizados? Em qual dessas versões você tem mais chance de ter sucesso?

trabalhofeliz

“Reconstituir nossas histórias para que elas nos ajudem a avançar na direção que queremos seguir é um processo de escolha e tomada de sentido intencionais”, descreve o artigo da HBR, “As recompensas de fazer isso incluem um aumento do senso de humanidade, coerência e libertação”.

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.