Menu

O papel do gestor de obras: qual a sua importância e suas responsabilidades?

Amanda Libia

Compartilhe nosso conteúdo

Conheça as responsabilidades e importância do papel do gestor de obras para os projetos da sua construtora.

O acompanhamento de obra é um tema importante e muito debatido dentro da construção civil.

Ainda que o foco seja quase sempre na etapa de execução de projetos, ele deve acontecer desde o início do planejamento e sempre considerando o funcionamento indireto da própria construtora.

Isso significa que fazer o acompanhamento de obra depende de ter uma visão ampla de como a construtora funciona internamente, como esse funcionamento impacta cada obra e sempre mantendo o controle dos detalhes do projeto.

Para que seja possível ter todas as informações e controle necessários, então, é essencial ter um profissional responsável por essa visão geral: o gestor de obras.

Conheça aqui o papel desse profissional e suas principais responsabilidades na hora de garantir uma gestão de obras eficiente e que ofereça retorno para a construtora e qualidade para as obras.

Leia também: 

Construção civil no universo digital: 5 dicas para vender obras e projetos online | Obra Prima

O papel do gestor de obras: entenda o que esse profissional faz

Entre os cargos da construção civil, o gestor de obras possui incontáveis responsabilidades, dentre elas, a de equilibrar o tripé de prazo, custo e qualidade. 

Ou seja, ele deve garantir que as obras sejam entregues dentro do prazo estabelecido, cumprindo o orçamento elaborado e com a qualidade esperada.

Apesar de serem vistas como coisas separadas, é importante lembrar que cada ponta desse tripé afeta diretamente a outra. 

Afinal, um projeto que não respeita prazos custa mais caro. 

Isso pode fazer com que os profissionais optem por materiais mais baratos e contratações menos capacitadas, impactando o resultado final da obra.

É por isso que, além das habilidades técnicas, o gestor de obras também deve possuir algumas habilidades comportamentais. 

Como, por exemplo, possuir boa comunicação, ser organizado, espírito de liderança, habilidades gerenciais e capacidade de planejamento.

Além disso, um gestor de obras também se destaca por sua criatividade e capacidade de evitar problemas. 

Ou seja, essas características são fundamentais para eliminar futuros problemas e alcançar melhores resultados.

Responsabilidades de um bom gestor de obras

A gestão de obras depende do controle de dados e da capacidade dos profissionais responsáveis em tomar boas decisões com base nessas informações. 

É considerando essa base que as responsabilidades do profissional que realiza o controle de obras são definidas.

Suas principais responsabilidades são:

1. Realizar estudos de viabilidade

O estudo de viabilidade é uma análise de mercado e exigências do projeto para a execução e conclusão de obras, passando por cálculos de quantidades de insumo, custos e observação de mercado e preço de venda do imóvel.

Essa avaliação define se a obra é rentável para a construtora, se o custo de execução será menor que o valor de venda, oferecendo retorno e lucro para clientes e construtora, e se o orçamento disponível é suficiente para concluir a obra.

Por isso, saber realizar esse estudo de viabilidade é responsabilidade indispensável para uma boa gestão de obras.

Leia também:

9 cuidados para o estudo de viabilidade econômica de obras – Obra Prima

2. Execução de estudos preliminares de obras

É a etapa em que as informações sobre o canteiro de obras, as etapas de execução e soluções para possíveis riscos e imprevistos são definidos. 

Nela, são feitas  previsões de fluxo de caixa, taxas de retorno, exposição máxima e margem de lucro.

Um bom estudo preliminar oferece um panorama mais concreto da realidade financeira do projeto, garantindo maior controle do orçamento no planejamento e durante a execução de obras.

3. Orçamento e planejamento de obras 

Após as duas fases de análise do projeto e de previsões, o responsável pela gestão de obras deve supervisionar o planejamento e orçamento.

Com os dados levantados anteriormente serão detalhadas as quantidades de insumo, organização das atividades e etapas de execução de obras e demais processos.

Isso inclui estudos de custos indiretos e o cronograma físico-financeiro para manutenção das atividades da construtora.

4. Coordenar e gerenciar a mão de obra

Controlar a carga horária, pausas de descanso, produtividade e segurança dos trabalhadores é outra responsabilidade do gestor de obras. 

É dele o papel de compartilhar as informações relevantes de forma objetiva e clara para os chefes de equipe e garantir que sejam repassadas corretamente para o trabalhador.

Apenas assim é possível garantir que eles utilizem os equipamentos de segurança corretamente e trabalhem em alinhamento com os objetivos dos projetos.

Leia também: 

Gestão de pessoas no canteiro de obras: uma atividade necessária | Obra Prima

5. Acompanhamento da administração financeira

A lucratividade dos negócios depende de orçamentos bem elaborados e muito controle. 

Ainda que exista uma equipe financeira responsável, o gestor deve acompanhar de perto as equipes para assegurar que a contabilidade, contratação e demissão de funcionários, custos das obras e recolhimento de impostos estejam sob controle.

6. Cronogramas em ordem

O controle dos cronogramas e o acompanhamento da obra deve ser supervisionado e a evolução seja demonstrada para o cliente. 

Por isso, o gestor de obras deve fazer o acompanhamento do cronograma e estar sempre atento a incidentes e pequenos atrasos que possam prejudicar a obra.

Gestão de obras: prioridade na construção civil

Uma boa gestão de obras é essencial para que a obra seja realizada cumprindo com os objetivos e planejamento do projeto e gerando a lucratividade e qualidade esperados pelo cliente e pela construtora.

Com a complexidade de detalhes e altos custos da construção civil, colocar a gestão como uma prioridade exige ter um profissional capacitado como responsável.

O que, como vimos, coloca o gestor de obras em um grande destaque na coordenação de projetos da construtora.

Quer garantir que sua construtora ofereça a esse profissional tão importante todas as ferramentas que precisa para cumprir seu papel e gerar os melhores resultados?

Acompanhe as dicas exclusivas do Obra Prima e descubra as vantagens de adotar um software de gestão de obras para acompanhamento de obra, controle financeiro, de cronograma e orçamentos, entre outras funcionalidades essenciais.

Leia também: 

Sistema SaaS: software de gestão de obras | Obra Prima

Experimente o nosso software de gestão de obras

Pesquisar matéria

Quer transformar sua gestão de obras?

Experimente o sistema Obra Prima!

Matérias relacionadas

O papel do gestor de obras: qual a sua importância e suas responsabilidades?

O acompanhamento de obras é uma parte importante de qualquer projeto, descubra quais são as responsabilidades e a importância do gestor de obras dentro dos projetos da sua construtora.
Gestor de obras: responsável e importância.
Gestor de obras: responsável e importância.

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.