Pesquisar

Orçamento de obras: como fazer o cálculo do custo?

Quer aprender a fazer o cálculo do custo por metro quadrado? Essa conta é indispensável para fazer o orçamento de obras. Aprenda aqui como calcular:
orçamento de obras: como fazer o cálculo do custo?
orçamento de obras: como fazer o cálculo do custo?

Na hora de fazer o orçamento de obras precisamos levar em conta o custo por metro quadrado. Você sabe como fazer essa conta? Descubra aqui. 

O custo por metro quadrado é usado para calcular o gasto de acordo com o tamanho da área a ser construída. Este resultado é muito importante para a elaboração do orçamento, mas também para a entrega final do imóvel no mercado imobiliário.

Para realizar o seu orçamento de obras da maneira mais precisa e assertiva possível, é necessário fazer o cálculo do custo por metro quadrado da maneira certa. Afinal, se ele não estiver correto, nada vai funcionar, o seu projeto só vai afundar, gerar prejuízos e dores de cabeça. 

O IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, realiza o INCC (Índice Nacional da Construção Civil) e registra as variações. Esses dados são disponibilizados para o público e servem para calcular o custo por metro quadrado das construções e edificações no Brasil. 

O que é o conceito de metro quadrado na construção civil?

O metro quadrado é a unidade ou medida padrão determinada pelo Sistema Internacional de Unidades. Na construção civil, ele é usado para calcular o tamanho das áreas que serão construídas, medir edificações ou terrenos. O valor é relevante para a determinação do preço dos imóveis no mercado imobiliário. 

O que é considerado nos custos das construções? 

São considerados como os custos das obras as despesas que são provenientes da contratação de profissionais, insumos, equipes, matéria-prima, aluguel ou aquisição e manutenção de equipamentos e máquinas, produtos, entre outros. Esses valores compõem o orçamento de obras antes de começar a fase da construção de um projeto. Também são calculados os valores finais dos serviços. 

Descubra como fazer o cálculo do custo por metro quadrado

O SINAPI (Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil) do IBGE faz o cálculo dos índices de custo por metro quadrado construído no canteiro de obras. Mas, o resultado não inclui o preço de compra dos terrenos ou a administração, fundação, equipamentos de trabalho, muros…. Porém, esse valor da unidade padrão pode mudar dependendo da localização. 

Como fazer o cálculo básico?

Esse custo é obtido através do preço total do espaço do edifício pela quantidade total de metros quadrados na propriedade construída. Suponha que um terreno com 30 metros custa R$ 300 e que a edificação tenha 1.000 m², enquanto o valor do aluguel é de R$ 3000. Fazendo a conta, a taxa mensal da unidade padrão será R$ 3. 

Tabela de preços

Algumas empresas imobiliárias ou até construtoras deixam disponível uma tabela de preços online que indica os valores de cada uma das regiões. Essa é uma média calculada para casas geminadas,  empreendimentos industriais, empresariais ou comerciais, imóveis com um ou mais andares, residências projetadas arquitetonicamente, unidades imobiliárias, entre outros tipos de construções. 

Agora que você já entendeu um pouco, vamos descobrir o que é o CUB. 

O que é CUB?

O CUB nada mais é do que um acrônimo para Custo Unitário Básico, que se refere a um indicador muito utilizado na construção civil para estimar o custo de uma obra. A métrica é calculada com base nos metros quadrados construídos. Dessa maneira, serve como um parâmetro para determinar os custos totais de um projeto, ajudando o mercado imobiliário e também como um índice macroeconômico da construção civil. 

Já falamos aqui no blog sobre o CUB, lembra? Acesse aqui para relembrar.

Quais custos estão envolvidos nesse cálculo?

São os critérios determinados pela ABNT que estipulam como calcular o CUB. Neste cálculo são considerados fatores como:

  1. materiais utilizados na construção: areia, tijolo, ferragens, blocos, vidros, entre outros;
  2. mão de obra: custos inerentes à contratação de fiscais de obra, pedreiros, engenheiros, serventes… 
  3. equipamentos: aquisição ou locação de betoneiras, martelete, andaimes, entre outros… 

De acordo com determinações da ABNT, existem alguns elementos que não integram o cálculo, são eles: gastos referentes às fundações, paredes-diafragma, submuramentos, rebaixamento de lençol freático, etc… 

Como calcular o CUB? 

Fazer o cálculo do CUB é simples: você só precisa fazer a soma de todos os custos para a compra de materiais, contratação de equipe e mão de obra e a aquisição ou locação de equipamentos e dividir esse resultado pela área construída em metros quadrados. 

Para simplificar: 

CUB = (preço dos materiais + custo de mão de obra + preço dos equipamentos) / área construída.

Esse resultado vai ser a relação de custos por metro quadrado e vai guiar a elaboração do seu projeto, possíveis exclusões e incorporações de elementos que possibilitem adequar a construção ao orçamento de obras do seu cliente. 

O CUB é predeterminado pelo Sinduscon (Sindicato da Construção) de cada um dos estados brasileiros. É possível conferir o valor referente ao Custo Unitário Básico do seu estado no site da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC)

Mas, fique atento! Isso não quer dizer que o valor da obra vai ser exatamente a multiplicação do CUB pela metragem quadrada do seu projeto. Ainda é necessário levar em consideração os gastos que não estão inclusos no CUB pela ABNT e os Benefícios e Despesas Indiretas (BDI) para a composição da sua função, que vai ser a base para calcular o custo total da construção. 

Elaborando seu orçamento de obras

Agora que você já sabe como fazer custo por metro quadrado, descubra uma ferramenta que vai tornar a tarefa de fazer o seu orçamento de obras muito mais simples, fácil e rápido: o software de gestão de obras.

Com esse sistema, é possível centralizar todas as informações que precisa para fazer os cálculos necessários, além disso, também tem conexão direta com a Tabela SINAPI para usar números e dados atualizados. E ainda não acabou! 

O software de gestão de obras do Obra Prima ainda tem modelos para facilitar a criação de novos orçamentos e evitar que erros de digitação ou falta de atenção passem despercebidos gerando prejuízo para a sua construtora.  

Chega de perder horas (e até dias) criando o orçamento. Isso é coisa do passado! Conheça essa inovação que vai colocar a sua cabeça e a sua atenção nas tarefas que realmente precisam de você. 

Com o Obra Prima do seu lado, o foco vai para fazer a sua construtora crescer. Agende uma demonstração gratuita para conhecer o nosso sistema e descobrir o que ele pode fazer pelo sucesso da sua empresa. 

Também acompanhe as novidades e inovações da construção civil no nosso blog e na conta do Instagram do Obra Prima. Estamos sempre compartilhando conteúdos novos e exclusivos. E, clique na imagem abaixo para ouvir os episódios do nosso podcast, o Obra Cast. 

banner obracast

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.