Pesquisar

NR 10: o que é essa Norma Regulamentadora e qual sua importância para a construção civil?

Conheça a NR 10 e entenda seus direcionamentos sobre SST em serviços de eletricidade.
NR 10 - Normas Regulamentadoras para a Construção Civil
NR 10 - Normas Regulamentadoras para a Construção Civil

Conheça a NR 10 e entenda seus direcionamentos sobre SST em serviços de eletricidade.

Investir na segurança dos trabalhadores na construção civil é um elemento indispensável para garantir qualidade e alinhamento em toda a gestão de obras de uma construtora.

Assim como outras Normas Regulamentadoras, a NR 10 pode salvar vidas, além de reduzir impactos negativos na gestão por atrasos, gastos inesperados e queda na qualidade.

Estar atento a essa norma é uma forma de garantir qualidade ao cliente, proteção aos trabalhadores e, ao mesmo tempo, escapar de problemas e prejuízos. 

Para saber como proteger de maneira eficiente e seguindo os regulamentos da construção civil seus trabalhadores, empresas e clientes, entenda o que diz essa norma.

O que é a NR 10?

A NR 10, com nome de Segurança e Instalações e Serviços de Eletricidade, tem foco e objetivo principal de garantir a segurança em instalações e serviços de eletricidade, propondo protocolos e processos capazes de proteger os trabalhadores de uma obra dos riscos envolvendo eletricidade.

Toda vez que é necessário começar as atividades de instalação de sistemas elétricos em um canteiro de obras, portanto, essa norma deve ser verificada e cumprida, garantindo a aplicação de protocolos corretos de SST.

Leia também:

O que são as Normas Regulamentadoras (NR)? >

NR 4: o que é e qual sua importância para a construção civil? >

Atualização da NR 18: o que muda e quais os impactos para a construção civil? >

A regulamentação desta NR é feita pela Portaria 3.214, colocada em execução pelo Ministério do Trabalho e Emprego no dia 8 de junho de 1978. 

Inicialmente seu nome era apenas Instalações e Serviços de Eletricidade, sendo alterado com a reformulação da norma em 7 de dezembro de 2004. 

A reformulação foi a forma encontrada para garantir que a NR se mantivesse atualizada e capaz de proteger os trabalhadores, acompanhando as mudanças que se podiam verificar nos canteiros de obras e na nova realidade dos trabalhos com energia na construção civil.

NR 10: principais características

A NR 10 possui alguns detalhes e contextos específicos que sempre devem ser observados e que se colocam como base para definir suas principais características no momento de analisar e implementar a norma. Veja aqui: 

Sobre os locais de serviço e equipamentos

Para garantir a proteção contra riscos envolvendo eletricidade, essa norma exige que algumas condições do ambiente e influências externas que possam interferir na segurança sejam observadas.

Ela informa sobre localização correta de dispositivos e quadros de manobra, dimensões do local e cuidado com elementos externos como presença de umidade, substâncias corrosivas, poeira, riscos de inundação, temperaturas registradas, entre outros elementos.

Além disso, a NR 10 exige que o local de execução dos trabalhos tenha iluminação adequada e que o trabalhador tenha condições de se manter em uma posição segura para realizar suas atividades relacionadas a serviços e instalações elétricas. 

Oferece, ainda, direcionamentos específicos para locais de instalação de casos especiais,. 

Como é o caso de bombas de recalque e quadros de proteção de bombas de piscina, com atenção especial para imóveis residenciais. 

Atenção especial para localização dos quadros para bombas de recalque e quadros para proteção das bombas de piscina, principalmente nos prédios e casas residenciais.

Riscos paralelos em serviços de eletricidade

Além da atenção dada ao contato com peças e dispositivos relacionados com a instalação elétrica, a norma oferece protocolos para riscos associados. 

São os casos de áreas com animais perigosos, árvores, espaços confinados e em altura.

Dessa forma protege o trabalhador não apenas de choques e de ser eletrocutado, mas oferece direcionamento para que riscos adicionais não signifiquem uma distração ou causa de acidente.

Direcionamento para projetos elétricos 

De acordo com essa Norma Regulamentadora, todo projeto de instalação elétrica deve, obrigatoriamente, ter especificados os dispositivos que serão utilizados para desligamento de circuitos e quais serão os recursos para impedir energização durante a execução das atividades.

Além disso, os projetos devem possuir memorial descritivo com todos os itens de segurança previstos na norma e uma definição bem definida do esquema de aterramento.

Sobre a sinalização e identificação de instalações elétricas

As instalações elétricas devem estar bem sinalizadas e cada uma das sinalizações sejam claras, duráveis e identifiquem o tipo de instalação.

Áreas restritas, como as salas técnicas, subestações e outras, devem ter sinalização na entrada e indicações de restrições e impedimento de entrada de pessoas não autorizadas.

Cabos de força, neutro, de comando e terra, bem como qualquer outro cabo de entrada e saída, devem ser identificados de forma legível e apropriada, acompanhando a numeração de circuitos elétricos definida em projeto.

Formação de profissionais

A norma estabelece que todo profissional que trabalhe com instalações e serviços elétricos tem que estar capacitados com o Curso NR 10 para poderem atuar regularmente.

O que a construtora precisa saber para se manter em regularidade com a norma?

Existem duas medidas de controle na Norma Regulamentadora 10 que toda construtora deve ter especial atenção: 10.2.2 e 10.2.3.

  • O item 10.2.2 da NR indica que é necessário que toda medida de controle adotada deve estar integrada às outras iniciativas de SST adotadas pela construtora e levar em consideração, também, medidas de preservação do meio ambiente.
  • Já a 10.2.3 destaca a obrigação das construtoras em manter esquemas unifilares atualizados nas instalações elétricas realizadas, exigindo-se que as especificações para aterramento e demais equipamentos e dispositivos de proteção sigam as especificações indicadas.

Apenas cumprindo esses dois direcionamentos seus projetos estarão verdadeiramente de acordo com a NR 10.

Seguir NRs é medida de segurança e garantia de qualidade

Qualquer serviço que, ao ser realizado, coloque em risco trabalhadores ou possa representar risco aos usuários quando o empreendimento começar a ser utilizado gera impacto na qualidade e interfere no bom andamento da obra.

Por isso, ter especial atenção ao que indica a NR 10 e outras Normas Regulamentadoras da construção civil é essencial para toda construtora que deseja alcançar crescimento, lucratividade e conquistar credibilidade.

Visite os posts do blog do Obra Prima para entender mais a fundo sobre Normas Regulamentadoras e SST na construção civil.

Experimente o nosso software de gestão de obras

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.