Pesquisar

Entendendo o setor: quais são os impostos da construção civil?

Impostos da construção civil
Impostos da construção civil

Impostos da construção civil devem ser conhecidos e lembrados por toda construtora que deseja ter maior controle financeiro.

Nada é mais importante para o controle financeiro e gestão de obras que conhecer os impostos da construção civil. Toda a organização do orçamento e a garantia de que o projeto cumpra com as leis tributárias depende desse conhecimento.

Após todos os esforço para garantir que os custos da obra estejam dentro do valor passado para o cliente, gastar com multas de impostos não considerados pode significar o prejuízo do projeto.

Para garantir que a construtora tenha todo o controle que precisa do seu financeiro, a Obra Prima apresenta os principais impostos da construção civil.

6 principais impostos da construção civil

Existem 6 impostos que toda construtora deve conhecer para manter as contas e orçamentos das obras dentro do previsto:

1. INSS (Instituto Nacional do Seguro Social)

O INSS é um imposto federal referente à previdência social. 

Ele é o responsável por garantir os benefícios que, em contrato, são direito dos trabalhadores. É por meio desse imposto que é recolhida a contribuição com a previdência que gera a renda para que sejam pagos, entre outros benefícios:

  • Aposentadorias;
  • Pensão por morte;
  • Auxílio-doença;
  • Auxílio-acidente;
  • Salário maternidade;
  • Salário família.

2. ISS (Imposto Sobre Serviços)

Esse é um imposto municipal cobrado das prestadoras de serviços. Todo o dinheiro recolhido é direcionado para o cofre público municipal e utilizado para a manutenção das contas da cidade.

Por ser um imposto municipal, o ISS tem regras de contribuição e taxações diferentes de uma cidade para outra. Por esse motivo, a construtora deve sempre verificar o valor cobrado no município onde o projeto é realizado.

3. PIS (Programa de Integração Social)

O benefício ao trabalhador PIS é um imposto pago pelas empresas do setor público e privado. Os valores arrecadados são devolvidos aos trabalhadores anualmente, em parcelas proporcionais ao salário e ao tempo de serviço.

Esse é um imposto federal determinado por lei e que não beneficia apenas o trabalhador, mas também o desenvolvimento de empresas em diversos setores. É um dos impostos que financia a seguridade social no Brasil.

O PIS é utilizado para:

  • Abonos salariais;
  • Seguros-desemprego;
  • Participação na receita de órgãos e entidades.

4. COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social)

O imposto da construção civil COFINS é pago junto com o PIS. No entanto, seu uso é mais focado na saúde pública e seguridade social. É ele quem converte renda para a Previdência Social e Assistência Social, entre outros órgãos.

5. IRPJ (Imposto de Renda de Pessoa Jurídica)

É a prestação de contas das empresas de construção para o Governo. Funciona da mesma forma como o IR para as pessoas físicas, declarando detalhadamente ganhos e gastos das pessoas jurídicas.

6. CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido)

Também com foco em garantir um maior financiamento para a seguridade social brasileira, esse imposto da construção civil é pago pelas construtoras com base no lucro líquido que a construtora conseguiu em seus projetos.

As vantagens de conhecer bem os impostos da área de construção

Impostos da construção civil tem um grande impacto no planejamento e gestão de obras. Conhecer e se preparar para o pagamento dessas taxações, então, pode trazer diversos benefícios e, se não organizado corretamente, diversos problemas. Veja alguns pontos afetados por esses impostos.

Impactos no fluxo de caixa

O fluxo de caixa de uma construtora é o controle da entrada e saída de recursos financeiros. É com ele que a construtora organiza o pagamento de compras, contas, pagamento de fornecedores e trabalhadores.

Se, ao realizar todos os controles do fluxo de caixa, os impostos são ignorados, no momento de pagar os encargo a construtora terá diversas surpresas.

Já em situações em que os impostos são considerados no fluxo de caixa, é possível inserir seus custos nos orçamentos dos projetos, de forma que cada obra pague uma parte de cada imposto e õs recursos financeiros da empresa não sejam comprometidos.

Lucratividade protegida

Sem o controle do fluxo de caixa e dos gastos anuais da construtora, a lucratividade das obras fica prejudicada. Impostos mal controlados podem causar pagamentos de multas ou pagar mais do que o necessário.

Gastar mais e ganhar menos é um dos principais pontos da perda de lucratividade de qualquer empresa.

Eficiência do plano de crescimento

Um bom plano de crescimento garante que os ganhos e contas sejam administrados para que os negócios ganhem mais espaço no mercado e cresçam constantemente.

O crescimento de uma construtora depende de sua capacidade de controlar o fluxo de caixa e garantir a lucratividade de cada obra, o que significa que depende de um bom conhecimento dos impostos.

Impostos da construção civil e a gestão de obras

Não conhecer os impostos pode causar diversos problemas para o financeiro da construtora. Com a construção civil se tornando cada vez mais competitiva, principalmente para pequenas e médias construtoras, as crises enfrentadas e as novas oportunidades que surgem, controle é essencial.

Uma boa gestão de obras não depende apenas de um planejamento, cronograma e orçamentos de qualidade para o projeto, mas de uma administração eficiente do escritório.

Um financeiro fora de controle é o primeiro passo para falhar e ter prejuízos no mercado. Não pagar impostos ou pagar duplicatas afeta os recursos disponíveis e pode trazer consequências legais.

Para construtoras que desejam ter maior controle é essencial conhecer as soluções para garantir controle financeiro. Descubra com o Obra Prima tudo sobre o controle financeiro na construção civil e suas melhores práticas e como o software de gestão de obras pode ajudar a manter o pagamento de impostos da construção civil em dia.

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.