Menu

Dicas práticas para o crescimento contínuo de pequenas e médias construtoras

Wilson Pacheco Jr.

Compartilhe nosso conteúdo

Com algumas dicas práticas e simples, pequenas e médias construtoras podem alcançar o tão desejado crescimento. Descubra.

A competitividade alta do mercado de construção civil pode gerar muitas dificuldades para o crescimento de pequenas e médias construtoras. Se destacar no mercado e conquistar mais clientes exige atenção e controle, principalmente na hora de concorrer com construtoras maiores.

Mesmo com os desafios, pequenas e médias construtoras podem sim alcançar crescimento na construção civil. Oferecer serviços de qualidade e diferenciados não precisa ser um bicho de sete cabeças.

Quer saber como conseguir melhores resultados no mercado? Basta seguir algumas dicas simples.

Crescimento contínuo: como melhorar os resultados da pequena e média construtora?

Se organizar processos e buscar crescimento na construção civil já é difícil para construtoras grandes, que possuem mais experiência e capital para investir, imagine as dificuldades das pequenas e médias construtoras.

Para ajudar, organizamos algumas dicas práticas de como alcançar maior crescimento:

1. Implementar uma metodologia de gestão de tarefas

Cuidar do passo a passo da execução de obras é essencial. O controle do cronograma e o acompanhamento de cada tarefa desenvolvida é essencial para garantir bons resultados desde as primeiras obras.

Principalmente para pequenas e médias construtoras, onde cada erro de execução ou falha no orçamento e cronograma gera prejuízos altos, acompanhar cada etapa é fundamental.

Esse acompanhamento não deve ser feito só na execução, por meio do cronograma, mas do planejamento. Definir uma sequência de ações para o desenvolvimento do projeto, orçamento e criação de cronogramas de execução faz toda a diferença.

2. Treinar e qualificar os colaboradores de forma contínua

De nada adianta um planejamento detalhado e acompanhar cada etapa se sua equipe não é capaz de realizar as tarefas com qualidade e agilidade. Treinar e qualificar a equipe é essencial para garantir os melhores resultados e, consequentemente, o lucro de cada projeto.

Lembre-se: o treinamento não deve ser focado só na execução das atividades, mas também na SST. De nada adianta preparar suas equipes para o trabalho e não oferecer uma preparação que os protejam de acidentes e riscos no canteiro de obras.

3. Organizar o controle financeiro da construtora

Todo projeto deve obedecer os valores passados para o cliente para a compra de materiais, locação de equipamentos e pagamento de equipes da construtora e terceirizadas.

Ter um controle financeiro eficiente para não estourar o orçamento e garantir que a obra e os custos indiretos da construtora sejam pagos. É importante lembrar que, mesmo sabendo o valor que será recebido, nunca é uma opção deixar o caixa no zero.

Emergências e imprevistos acontecem e sem o controle financeiro sua construtora pode acabar não tendo como pagar as contas e os fornecedores em dia e cair em juros e multas desastrosos.

Uma última dica importante: não misture as contas das obras ou seu controle financeiro irá por água abaixo, mas não esqueça de fazer, também, um controle total da construtora.

4. Planejar os gastos com as obras de forma eficiente

Não é porque a construtora sabe que tem uma certa quantia para receber, tem dinheiro em caixa e sabe exatamente o que vai usar na obra, que os gastos devem acontecer todos de uma vez.

Planejar os gastos significa programar compras e pagamento à medida que os materiais são necessários. Comprar tudo no início da obra aumenta as chances de desperdícios e perdas de materiais, além de aumentar custos com armazenagem.

Organize a contabilidade para que compras e pagamentos sejam feitos de acordo com o cronograma de cada obra.

Se sua construtora tem mais de uma obra acontecendo ao mesmo tempo, esse planejamento deve ser feito para cada uma delas separadamente.

5. Atualizar equipamentos

Manter as manutenções em dia e investir em modelos mais recentes e eficientes podem ser um grande diferencial para a produtividade e qualidade das obras.

Equipamentos sem manutenção e desatualizados apresentam um grande risco de quebrar no meio dos trabalhos. Isso significa que eles terão que ser substituídos com urgência, gerando gastos inesperados do orçamento e atrasando a execução do projeto.

6. Cuide da comunicação

Alinhar as metas e objetivos de um projeto com todos os envolvidos é uma das principais formas de conseguir produtividade e bons resultados. Por terem poucos funcionários, pequenas construtoras, muitas vezes, esquecem de investir na comunicação com equipes, fornecedores e clientes.

Passar informações claras, receber sugestões e dúvidas e responder de forma eficiente é essencial, principalmente com clientes. Sua construtora tem pequeno porte e a comunicação com o cliente ajuda a aumentar a confiança no trabalho.

7. Otimize seus processos

Não é por sempre ter entregado bons resultados que não há nada para ser otimizado nos processos de sua construtora. O único jeito de crescer no mercado e evoluir cada vez mais é investindo.

Processos, por melhor administrados que sejam, sempre podem gerar falhas, a maioria delas com resultados catastróficos para a construtora. Investir na otimização dos processos, então, ajuda a eliminar falhas e garante que sua empresa esteja pronta para buscar contratos de obras cada vez mais complexas com menos riscos.

Investimentos para melhorar resultados: cuide de sua gestão

Para pequenas e médias construtoras que desejam crescer é essencial investir em otimização e controle.  Se repararmos com atenção, todas as dicas dadas, direta ou indiretamente, dependem de uma boa gestão dos diversos departamentos e processos da construção civil.

Assim, não é exagero afirmar que construtoras que querem se destacar no mercado e ter sucesso precisam cuidar, antes de mais nada, da gestão de obras. Nessa hora, ter um bom sistema de gestão com o apoio da tecnologia é o maior diferencial.

Um software de gestão de obras garante que a construtora:

·   Integre os processos;

·   Tenha automação;

·   Reduza erros;

·   Melhore a comunicação;

·   Aumente o controle de etapas e cronogramas;

·   Otimizem os orçamentos.

Com um sistema eficiente até executar as dicas dadas fica muito mais fácil.

Sua construtora já pensou com cuidado nas vantagens de investir em um software de gestão de obras? Já é hora, não acha? Conheça no blog um pouco mais sobre esses sistemas e entenda as vantagens que trazem.

Pesquisar matéria

Quer transformar sua gestão de obras?

Experimente o sistema Obra Prima!

Matérias relacionadas

Dicas práticas para o crescimento contínuo de pequenas e médias construtoras

Um guia com dicas práticas para pequenas e médias construtoras driblarem a competitividade e se destacarem na conquista de mais clientes.
pequenas e médias construtoras
pequenas e médias construtoras

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.