Pesquisar

Diálogo Diário de Segurança (DDS): 5 dicas para implementar

A integração com os temas é parte fundamental das práticas diárias de segurança em um canteiro de obras. Por isso, você precisa implementar essa rotina nos seus projetos. 

O Diálogo Diário de Segurança (DDS) é um dos elementos mais essenciais na gestão de pessoas de uma empresa. Mesmo assim, muitas organizações não o colocam em prática por não conhecerem o básico. 

Essas conversas são importantes porque aumentam a segurança do colaborador contra acidentes durante a realização das tarefas. Nesses momentos, ele pode tirar dúvidas, entender como se usam os EPIs da maneira correta e aprender como se proteger. 

O que é o Diálogo Diário de Segurança (DDS) e o seu papel na promoção de uma cultura de segurança?

Os Diálogos Diários de Segurança (DDS) são encontros rápidos, com duração média de 5 a 15 minutos por dia, para orientar o time em relação aos riscos das funções e quais práticas precisam ser adotadas para evitá-los. 

Apesar do termo DDS não estar presente em nenhuma das normas regulamentadoras, as NRS, elas exigem que as organizações informem os seus colaboradores dos riscos presentes no espaço de trabalho e as medidas preventivas exigidas. E é por meio do DDS que essa conscientização acontece. 

Além disso, o DDS serve como uma ferramenta para reduzir a incidência de acidentes de trabalho, através da conscientização dos times em relação à: 

  • Formas mais seguras de trabalhar;
  • Rotinas diárias de cada área;
  • Atitudes que podem ser consideradas perigosas e devem ser evitadas;
  • Ações emergenciais de primeiros socorros;
  • Identificação de potenciais perigos.

O Diálogo Diário de Segurança também é responsável por garantir que todos estejam alinhados em relação às boas práticas de trabalho e que o time esteja engajado com essas orientações, otimizando a produtividade e segurança de todos. 

Essa reunião diária é o principal canal de comunicação entre os gestores e a equipe técnica. É ela que faz com que todos estejam por dentro dos perigos e ações preventivas, responsáveis por garantir a segurança de todos dentro do ambiente de trabalho. 

O encontro também ajuda a: 

  • Melhorar a produtividade;
  • Reduzir os acidentes;
  • Criar rotinas de trabalho mais saudáveis;
  • Instruir e capacitar o time;
  • Conscientizar;
  • Engajar todos na realização do trabalho;
  • Aumentar a qualidade das atividades feitas. 

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Por isso, é tão importante escolher os temas certos, isso vai influenciar diretamente na eficácia do DDS, caso você escolha assuntos que não conversam com as necessidades e características da obra, ele vai ser em vão. Confira a seguir os melhores temas. 

6 temas para engajar o time

Contar com uma equipe engajada e atenta ao que está fazendo é fundamental. Por isso, separamos seis temas para você levar para os DDSs, confira: 

1. Trabalho em equipe

Para promover a segurança, o trabalho em equipe é muito importante, e essa pode ser a temática abordada em um DDS!

Na elaboração do DDS certifique-se de abrir um espaço para a troca de ideias, implementar processos que foram sugeridos por colaboradores e incluir demais ações que promovam a participação de todos. 

2. Dicas de produtividade

Ofereça dicas de produtividade para que a sua equipe possa aplicar na rotina. Para isso, envolva todos os membros do time. Além disso, é importante ser breve e conciso, já que o foco é fornecer soluções práticas e fáceis de implementar que vão fazer uma grande diferença no local de trabalho. 

3. Segurança do trabalho

O DDS serve, principalmente, para enfatizar as boas práticas e a importância da segurança do trabalho. Por isso, esse tema não pode faltar. Deve ser abordado de maneira calma e relaxada, ao ressaltar os riscos mapeados pelos responsáveis e pela própria equipe, assim como orientar os colaboradores quanto às melhores formas de driblá-los. 

4. A importância dos hábitos saudáveis

Os líderes que conduzem o DDS podem ressaltar como os hábitos saudáveis são fundamentais para os colaboradores, tanto durante o horário de trabalho quanto fora dele. 

Isso ajuda em vários aspectos, desde a manutenção do número de dias afastados por conta de doenças ou mal-estar, até melhorias significativas na produtividade. 

Também pode auxiliar na redução do risco e acidentes, porque os colaboradores considerados bem e saudáveis estão menos propensos a cometerem equívocos e erros. 

5. Primeiros socorros

É fundamental realizar treinamentos com os colaboradores sobre primeiros socorros. Ensine como usar massagem cardíaca, como lidar com ferimentos, o que fazer caso alguém caia de uma grande altura, etc. 

6. A importância dos EPIs e EPCs

O Diálogo Diário de Segurança precisa falar sobre os EPIs e EPCs, com o foco no uso adequado de cada item e as situações em que eles precisam ser utilizados. Esse também é o espaço para reforçar a importância de seguir os procedimentos de segurança da organização. Assim, os funcionários vão saber e seguir as orientações para prevenir acidentes e lesões. 

5 dicas para criar um bom Diálogo Diário de Segurança

Para tornar esse momento mais dinâmico e participativo, você pode colocar em prática cinco dicas, confira a seguir: 

1. Divulgue as datas com antecedência

A divulgação com antecedência é fundamental para que todos consigam se programar para comparecer ao encontro. Por isso, deixe claro a periodicidade, datas de realização, local e hora. 

2. Escolha temas atuais e relevantes

Ao escolher temas atuais é possível prender a atenção dos seus colaboradores, fazer com que aumente o interesse pelo DDS e melhorar a participação de todos. 

3. Opte por DDS mais rápidos e curtos

O que torna o DDS tão eficaz é que ele é curto, simples, dinâmico e não exige muito tempo do time. Isso ajuda a deixar as informações mais frescas na memória e ainda faz com que os seus colaboradores se concentrem melhor. 

4. Aposte em um DDS para descontrair através de dinâmicas

As dinâmicas têm o objetivo de prender a atenção do time e estimular a sua participação. Você pode fazer uma dinâmica sobre integridade, por exemplo. Para começar, siga os passos:

  • 1° Solicite três voluntários;
  • 2° No primeiro, passe a fita adesiva nos dedos polegar e indicador da mão direita e peça para que ele pague uma folha de papel e dobre quatro vezes;
  • 3° No segundo voluntário, passe a fita em toda a mão direita, cobrindo os dedos e peça para que ele desamarre e amarre novamente os cadarços;
  • 4° No terceiro, passe a fita no dedo indicador e no dedo médio e peça para que ele escreva o seu nome em um papel. 

Essa dinâmica ensina sobre a dificuldade de realizar tarefas simples com a restrição de movimentos nas mãos e no dedo. 

5. Estimule o feedback

Para melhorar a realização do DDS, você precisa saber o que o time pensa e quais contribuições têm a acrescentar. Então, crie canais para o compartilhamento de feedback, experiências, dúvidas e sugestões. 

Coloque em prática

Agora que você já conhece temas de DDS e sabe como torná-los mais interessantes para os seus colaboradores, coloque-os em prática na sua construtora! 
Para mais conteúdos como este, acompanhe o blog do Obra Prima e siga a nossa conta no Instagram.

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.