Pesquisar

Construção a seco: acabe com as suas dúvidas

Construção a seco: acabe com as suas dúvidas
Construção a seco: acabe com as suas dúvidas

As técnicas de construção a seco vêm crescendo e se tornando cada vez mais populares por todo o mundo e elas são capazes de simplificar as etapas da sua construção. 

O grande objetivo desse modelo construtivo é trazer para as obras mais segurança, qualidade, agilidade e, claro, economia. 

Esses métodos de construção a seco são muito usados em diversos lugares do mundo e estão ganhando mais força aqui no cenário brasileiro também. 

Isso está acontecendo porque esse modelo construtivo oferece vários benefícios que começam na economia de tempo e chegam até em um aumento de sustentabilidade. 

E é por isso que cada vez mais obras estão sendo feitas desse jeito no Brasil e a tendência é que o seu uso cresça ainda mais. 

O que é a construção a seco?

A expressão construção a seco traz uma ideia de não usar água no sistema construtivo. 

Nessa modalidade, as peças são fabricadas previamente de forma industrializada e, depois, são levadas até o lugar que a obra vai ser feita. 

Assim, é necessário ter uma mão de obra qualificada que saiba mexer com esse material. 

Como é um modelo construtivo que precisa de algumas especificidades, os colaboradores precisam ter a especialização adequada. 

Existem vários tipos de construção a seco. E, hoje, vamos entender um pouco mais sobre eles, quais são as principais técnicas e as suas vantagens em relação aos outros métodos construtivos. 

Leia também:

Gestão de pessoas no canteiro de obras: atividade necessária | Obra Prima

Principais tipos de construção a seco

Entre os principais tipos de construção a seco estão: 

  1. Drywall
  2. Steel frame
  3. Wood Frame
  4. Painéis de EPS

A seguir, vamos falar um pouco sobre cada um deles: 

1. Drywall

Essa é uma das principais técnicas de construção a seco que é muito usada e conhecida no Brasil. 

Nesse modelo construtivo, as paredes são formadas por duas placas de gesso que devem ser montadas sobre uma estrutura de aço fixada anteriormente. 

E, dessa forma, sucessivamente, cobertas com papel acartonado podendo haver mantas entre essas placas. 

Isso proporciona um isolamento térmico e acústico ótimo. 

2. Steel frame

Já falamos aqui no blog sobre essa técnica. 

Nela, toda a construção é suportada por uma estrutura de aço montada previamente. 

É uma técnica mais leve que a alvenaria, por isso, pode ser fixada com chumbadores em sua fundação de forma bastante simples. 

Leia também: 

Steel Frame: o que é, vantagens e desvantagens para construção civil

3. Wood Frame

O sistema é o mesmo modelo construtivo do Steel Frame, mas, na parte da estrutura são usados perfis de madeira de reflorestamento e placas estruturais. 

Nessa técnica, a madeira precisa ser tratada com antifúngico. 

4. Painéis de EPS

O EPS (Poliestireno Expandido) é um plástico celular rígido, tem menor densidade e maior quantidade de ar no seu interior. 

Essa técnica garante boa resistência, baixo peso e são ótimas para o isolamento térmico. 

Vantagens da construção a seco

Existem várias vantagens da construção a seco, algumas que podemos citar são: 

  1. Economia de materiais;
  2. Sustentabilidade;
  3. Fidelidade ao orçamento;
  4. Fácil manutenção. 

Agora, vamos falar um pouco mais sobre cada uma delas: 

1. Economia de materiais:

Por ser um sistema de construção industrializado, o índice de desperdício dos materiais é bem baixo. Dessa forma, proporciona uma grande economia. 

2. Sustentabilidade

Nesse método de construção, o uso de água é muito mais baixo ou quase inexistente e a produção de resíduos é menor no canteiro de obras. Além disso, os materiais podem facilmente ser reciclados. 

Leia também: 

Telhado Verde e a sustentabilidade: 10 vantagens dessa técnica | Obra Prima

3. Fidelidade ao orçamento

A construção a seco possibilita um orçamento muito mais preciso com o previsto no início, um orçamento sem surpresas, diferente do que acontece nos outros métodos de construção. 

4. Fácil manutenção

Por conta da durabilidade dos materiais utilizados, existe uma diminuição de custos com a manutenção. 

A substituição de placas é rápida, barata e muito prática, sem sujeira porque não tem a necessidade de quebrar as paredes. 

Uma solução inteligente

A construção a seco é uma solução inteligente que vem crescendo no mercado, como já falamos. 

O steel frame, por exemplo, poderia salvar mais vidas em casos de terremotos, porque devido a sua estrutura leve, o edifício “entortaria” e o impacto seria menor.  

Além disso, uma das principais diferenças entre a construção a seco para a convencional é que a primeira é mais rápida e tem uma ótima proteção contra a umidade. 

Já nas construções de alvenaria são usados mais materiais, tempo e mão de obra devido a sua complexidade. 

E, isso pode gerar mudanças inesperadas no orçamento, entre outros problemas indesejados. 

Mas claro, cada uma delas possui seus objetivos e suas qualidades.

Agora que você já entendeu um pouco sobre o que é a construção a seco, já conhece várias das suas vantagens, reflita se o seu próximo projeto não pode ser feito com uma dessas técnicas! 

Também siga o nosso blog para ficar por dentro de mais conteúdos como esse e das novidades do mundo da construção civil. 

Software de gestão de obras

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.