Menu

Compliance na construção civil: qual a importância?

Wilson Pacheco Jr.

Compartilhe nosso conteúdo

Entenda a importância e os diversos benefícios de adotar a compliance na construção civil e conquiste os melhores resultados para sua construtora.

Para construtoras que desejam maiores vantagens competitivas, adotar a compliance na construção civil pode ser a chave. Essa é uma das melhores formas que os  dias de hoje oferecem para garantir a seus clientes transparência, reforçando a credibilidade e confiança na empresa.

Mais do que um modo de “prestar contas” de maneira mais direta aos clientes, a compliance é uma ferramenta de adequação à lei e manutenção de respostas eficazes às questões éticas que o setor da construção pode apresentar.

Um canal de comunicação focado em denúncias e sugestões de compliance dentro da construtora traz, ainda, outra vantagem: um alinhamento de objetivos capaz de otimizar a qualidade das obras realizadas.

Parecem muitos benefícios para um sistema tão técnico e fiscal quanto o compliance parece ser, não? 

Talvez, mas é exatamente assim que ele atua, criando bases dentro da lei e da ética que garantem o melhor funcionamento dos processos da empresa e de seus projetos.

O resultado não teria como ser diferente: qualidade otimizada, menores riscos e muito mais competitividade.

Quer entender melhor a importância do compliance para obter esses resultados? Acompanha o texto que a gente explica.

O que é a compliance na construção civil?

Como você vai ler em muitos blogs, compliance é um termo que vem do verbo em inglês to comply, que significa cumprir, obedecer. 

Assim, compliance é a obediência, cumprimento, no caso, das regras, legislações e direcionamentos éticos adotados pela empresa ou especificados na lei do país.

Existem normas, leis e regulamentos específicos para a construção civil que falam de atuação no setor e ética. 

Além dessas normas gerais, existem, ainda, algumas construtoras que criam seu manual interno, com elementos mais específicos e que atendem melhor aos processos que a empresa usa e protegem melhor as informações dos clientes.

Assim, o papel do compliance na construção civil é garantir que tudo que é feito no dia a dia da construtora é executado cumprindo esses regulamentos éticos e os direcionamentos sobre como trabalhar.

Onde buscar direcionamentos para o compliance de sua construtora?

Como explica muito bem o artigo sobre ética e compliance na construção da CBIC, aplicar compliance na construção civil é resultado, principalmente, das investigações da Operação Lava Jato, iniciadas em 2014.

Por muitas empresas envolvidas no esquema de corrupção terem sido da construção civil, houve um impacto negativo muito grande na confiança dos clientes em construtoras e outras do setor. 

Assim, se tornou essencial para manter a competitividade de mercado e evitar perdas por falta de confiança, estabelecer práticas de controle e fiscalização da legalidade e ética dos negócios.

Desenvolver um código de ética para sua empresa pode ser um desafio, mas existem materiais desenvolvidos pelo SESI e pela CBIC que podem ajudar sua construtora.

Ler esses documentos e começar a aplicar o compliance na construtora do modo correto é um grande diferencial, mas quais os benefícios que podem ser alcançados na prática? É disso que falamos a seguir.

Importância e benefícios da compliance para as construtoras

A importância da compliance na construção civil é a mais óbvia possível: é com ela que manter uma postura ética será possível e cumprir leis se torna mais fácil. 

O que falta entender, então, é quais os benefícios práticos e de resultados que ela pode trazer para a construtora.

Esse é um investimento que beneficia construtora, trabalhadores, usuários, clientes e sociedade. Veja os 4 benefícios que se pode conseguir:

1 – Honestidade e confiança

Criar uma cultura organizacional em que transparência permite reorganizar missão, valores e visão da construtora para atender melhor às necessidades dos clientes e cumprir com essas diretrizes no dia a dia dos negócios.

A integridade moral da empresa, assim, é protegida, todos os processos são alinhados para tomadas de decisões mais éticas e seus clientes confiam mais. Nunca se esqueça que, na era da informação digital, é muito fácil para eles verificarem se a construtora cumpre com o que diz defender.

2 – Menores riscos nos projetos

Se a compliance realinha todos os objetivos e oferece direcionamentos para a execução de atividades, é natural que o planejamento e execução de obras sejam avaliados em mais detalhes.

Com isso, fica muito mais simples garantir que normas como as da Saúde e Segurança do Trabalho (SST), para garantir obras sem acidentes, sejam cumpridas. 

Além disso, a atenção aos detalhes faz com que riscos de acidentes e atrasos sejam identificados mais facilmente, permitindo eliminá-los e criar estratégias de solução mais eficientes, eliminando impactos negativos nos resultados.

3 – Regularização e licenciamento facilitado

Se a ética e a transparência são colocadas no centro dos processos da construtora, não há dúvida de que cumprir com as exigências de documentos, fiscais e de cumprimento de leis é mais fácil.

Com isso, garantir que todas as obras estejam devidamente licenciadas e regularizadas, com todos os avais do governo e cumprindo com as exigências para concessão se torna um processo mais simples.

Para construtoras que desejam obter licitações de obras públicas, esse é um benefício indispensável.

4 – Melhor ambiente de trabalho

Se uma postura ética se torna orientação central no dia a dia da construtora, o respeito nas comunicações e a clareza na troca de informações é otimizada. 

Sem dúvida, as confusões e atritos entre os trabalhadores ou nas relações hierárquicas vão diminuir e, quando ocorrerem, serão solucionadas de forma muito mais simples.

É possível dizer, nesse caso, que a construtora terá que enfrentar muito menos processos trabalhistas, já que o respeito pelos colaboradores e o controle das documentações e cumprimento das leis trabalhistas serão otimizados.

Compliance na construção civil: pequeno investimento, grande retorno

Investir em compliance na construção civil não é tão difícil assim. Ter uma equipe que analisa os processos, leis e normas que se aplicam às atividades diárias da construtora é algo que, em teoria, toda empresa deve possuir.

Quando pensamos no retorno financeiro que evitar problemas legais, perda de confiança dos clientes e a falta de competitividade pode oferecer, fica claro que os ganhos são muito maiores que os gastos.

Quer saber quais outros investimentos sua construtora pode fazer para aumentar a competitividade e melhorar os resultados? Acompanhe os conteúdos aqui do blog Obra Prima.

Pesquisar matéria

Quer transformar sua gestão de obras?

Experimente o sistema Obra Prima!

Matérias relacionadas

Compliance na construção civil: qual a importância?

Você já ouviu falar de compliance na construção civil? Descubra como é possível atingir melhores resultados para as construtoras.
Compliance na construção civil
Compliance na construção civil

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.