Pesquisar

Como tornar a administração de obras mais eficiente?

A administração de obras pode ser otimizada com um conhecimento mais amplo e maior controle de processos.
Administração de obras
Administração de obras

A administração de obras pode ser otimizada com um conhecimento mais amplo e maior controle de processos.

A construção civil é um setor complexo do mercado. Cada projeto possui uma infinidade de detalhes que podem significar a diferença entre o sucesso e lucratividade ou prejuízo e fracasso de uma obra.

Administradores de obras, então, acabam estando sob muita pressão, já que é sua responsabilidade garantir que tudo saia de acordo com o esperado. 

Esses profissionais, no entanto, não estão sozinhos.

Tecnologias, como os softwares de gestão de obras, e os conhecimentos sobre o passo a passo de como administrar uma obra podem facilitar muito seu trabalho.

8 dicas para ter uma administração de obras eficiente

Existem alguns pontos que são essenciais para que a administração de obras tenha mais controle e alcance os melhores resultados com projetos da construção civil. 

Conheça algumas dicas para conseguir esse controle.

1. Estudo de viabilidade

Uma boa administração sabe que o primeiro passo é descobrir se realmente vale a pena executar um projeto. 

É isso que o estudo de viabilidade faz, definir se os custos envolvidos trarão um retorno para a construtora.

O gasto de tempo e recursos em obras da construção civil podem não ser viáveis se o projeto tem pequenas possibilidades de ser vendido ou se seu custo no mercado é muito baixo.

Leia também:

9 cuidados essenciais ao realizar o estudo de viabilidade econômica de obras >

2. Orçamento eficiente

Uma gestão eficiente na construção civil exige um orçamento de obras eficiente e assertivo, garantindo o controle dos custos e a proteção das margens de lucro. 

Desenvolver um orçamento eficiente antes de iniciar a obra é essencial.

Detalhar os custos por atividade e etapa vai evitar custos não considerados ou gastos emergenciais que sua construtora terá que arcar para finalizar o projeto. 

Dessa forma, imprevistos que geram prejuízos são evitados.

É importante lembrar que um bom orçamento não considera só volume e custo de materiais, mas também as possibilidades de negociação com os fornecedores, prazos de entrega e de pagamento.

3. Controle o fluxo de caixa

Mesmo com um orçamento eficiente, sem um controle financeiro a administração de obras terá muitos problemas. 

O controle dos custos de uma obra exige um controle do fluxo de caixa.

Saber tudo o que entra e sai do seu caixa é a única forma de evitar problemas com atrasos de pagamentos e multas, além de garantir que os clientes estejam pagando conforme o contrato e ajudar a considerar custos do escritório.

Leia também:

Fluxo de caixa da construtora: como ter uma visão de médio e longo prazo? >

4. Gestão de pessoas

O material humano pode ser um diferencial ou um problema na construção civil. 

Todas as atividades que são executadas por trabalhadores podem ou não ser produtivas e ter qualidade.

Gerenciar as pessoas de forma eficiente, contratando os especialistas necessários e oferecendo a motivação necessária é papel importante na administração de obras da construção civil.

Ainda que o controle das equipes seja importante, é necessário ter cuidado. O excesso de controle pode se tornar um problema.

A gestão de pessoas deve sempre deixar espaço para uma comunicação de mão dupla com as equipes. Exigir produtividade sem oferecer condições de segurança e um bom ambiente de trabalho pode ser um problema.

Além disso, os trabalhadores do canteiro de obras têm uma visão mais prática da execução e podem trazer boas sugestões para melhorar os processos. Abra espaço e reconheça essas contribuições, oferecendo um pouco de autonomia e satisfação profissional para os profissionais e equipes.

5. Análises de riscos e atenção a imprevistos

Todo projeto da construção civil pode sofrer com acidentes e imprevistos. 

O canteiro de obras, os equipamentos e materiais grandes e pesados e mudanças climáticas, entre outros, podem apresentar muitos riscos de acidentes e colocar os trabalhadores e a obra em perigo.

É por isso que para uma administração ser eficiente ela deve se focar em fazer análises de riscos, identificando os perigos no projeto e tomando medidas de prevenção e reação a eles.

Acidentes e imprevistos podem causar prejuízos e atrasos ao projeto, além de machucar ou até mesmo matar um trabalhador. Tome as medidas necessárias e sempre siga as normas de Saúde e Segurança do Trabalho (SST).

6. Gestão de materiais

Não existe boa administração quando não existe gestão de materiais. É importante ter o controle dos materiais que serão utilizados e as necessidades que cada um apresenta para armazenamento e manuseio.

O controle do bom uso dos materiais e sua disponibilidade no momento em que são necessários é essencial para eliminar desperdícios, compras emergenciais com custo mais alto, atrasos e queda na produtividade.

Descubra aqui os principais problemas com o estoque de obras e como evitá-los para uma melhor gestão de materiais >

7. Logística para execução de obras

Cuidar da logística é outra dica importante. 

Organizar bem as datas e locais de entregas dos fornecedores, pensar em como trabalhadores, materiais e equipamentos vão se mover pelo espaço da obra e como será organizado o armazenamento de tudo ajuda evitar acidentes, queda na produtividade e desperdícios.

É essencial considerar o canteiro de obras e estoque ao longo de todo o planejamento da obra, tendo a certeza que o tempo de locomoção seja reduzido, tudo e todos estejam protegidos e os horários de descanso estejam organizados.

Saiba mais sobre segurança e organização no canteiro de obras >

8. Acompanhamento da obra

Não adianta de nada um planejamento completo e a análise de cada detalhe do projeto se no momento em que a obra tem início a gestão a deixa de lado. 

Acompanhar as atividades e etapas do dia a dia é essencial para uma administração eficiente na construção civil.

Verifique se os prazos estão sendo cumpridos, o uso de materiais está dentro do previsto e se o cronograma está sendo seguido. Dessa forma, mesmo que imprevistos aconteçam, a construtora estará preparada para evitar impactos negativos e melhorar os processos, conseguindo o máximo em qualidade.

Otimização da administração de obras exige um software de gestão de obras 

Processos manuais podem ser um grande erro para a administração que deseja melhores resultados.

Todo o controle necessário para o sucesso dos empreendimentos depende de controle e redução de erros, e isso inclui as falhas humanas na hora de inserir e calcular dados e custos.

Outro erro é tentar fazer tudo sozinho, não confiando nos demais profissionais e departamentos da construtora. 

Que tal aceitar as facilidades e ajuda que a tecnologia pode trazer? Com o software de gestão de obras Obra Prima a integração de departamentos e comunicação entre administrador e equipe é mais clara e objetiva.

Delegar tarefas e automatizar processos fica muito mais fácil, além de garantir que o administrador ainda tenha uma visão clara e controle do que está sendo executado, supervisionando a obra e conseguindo os melhores resultados.

software de gestão de obra

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.