Pesquisar

Como reduzir a carga tributária na construção civil?

Descubra aqui como reduzir a carga tributária na construção civil, eliminar os custos e melhorar a vida financeira da sua construtora.
Como reduzir a carga tributária na construção civil?
Como reduzir a carga tributária na construção civil?

Saiba como sua construtora pode eliminar custos e fazer a redução da carga tributária na construção civil.

Burocracia é um elemento constante e de alto custo na construção civil brasileira. 

São diversos os documentos, licitações e taxas exigidos para que a empresa possa funcionar e para que obras possam ser executadas e se manter sempre regulares.

A carga tributária na construção civil, com isso, se torna um dos maiores desafios para as empresas. 

São muitas e manter o controle para não ter problemas com o fisco exige atenção constante aos pagamentos e tributos, que podem ser muito altos.

Por isso, fazer o controle financeiro da construção civil pode ser uma tarefa difícil. 

Mesmo sendo um desafio, conhecendo os regimes tributários e impostos, e com a ajuda de um bom contador, sua construtora pode encontrar formas de reduzir a carga tributária de forma segura e dentro da lei. Descubra aqui como.

Conheça os impostos da construção civil

Ter um maior controle das cargas tributárias de sua construtora e buscar formas de reduzir custos em seu pagamento depende de conhecer bem o tema – ou ter um contador que conheça em detalhes o mercado.

Saber o que se está pagando e antecipar tributações no planejamento da estratégia financeira oferece bases muito mais concretas para tomar decisões e aproveitar os recursos.

Existem muitos impostos a serem pagos na construção civil, sendo os principais:

  • Imposto Sobre Serviços (ISS);
  • Programa de Integração Social (PIS);
  • Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins);
  • Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL);
  • Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ);
  • Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
  • Sistema Público de Escrituração Digital (SPED);
  • Escrituração Fiscal Digital EFD (EFD-ICMS/IPI);
  • Declaração de Informações / Atividades Imobiliárias (Dimob).

Além desses tributos, sua construtora ainda vai precisar pagar taxas para prefeitura, vigilância sanitária, corpo de bombeiros e outros órgãos para que a obra seja aprovada e possa ser executada.

Conhecer esses impostos e quais se aplicam a sua construtora e obras é o primeiro passo para reduzir custos.

Leia também: 

Licitações de obras: Atestado de Capacidade Técnica – Obra Prima

Regimes tributários da construção civil: quais são?

Com tantas taxas, impostos e tributos a serem pagos e o fato deles variarem de acordo com o tamanho da sua construtora, tipo de obra e outros detalhes, fazem com a redução da carga tributária só seja possível conhecendo as tributações que existem.

Existem 3 modalidades que podem ser adotadas na sua construtora:

1.Simples Nacional

Cobrança de impostos unificados, tornando o recolhimento de cargas tributárias mais simples pelo pagamento de mais de um tributos de uma só vez, não estando entre eles apenas a previdência, que deve ser paga separadamente.

2. Lucro Presumido

Impostos que incidem sobre uma estimativa de qual será a margem de lucro baseada no faturamento da construtora, também simplificando o cálculo desses impostos.

3. Lucro Real

Carga tributária calculada com base no lucro que efetivamente é obtido pela empresa, ou seja, seu lucro líquido. 

É o menos utilizado na construção, mas para algumas empresas é obrigatório.

Como reduzir a carga tributária da sua construtora?

Ainda que pagar impostos seja uma obrigação de toda empresa em todos os setores da economia, existem muitas formas de reduzir o valor pago sem recorrer a processos ilegais e fraudes.

Deixamos aqui 3 formas de aumentar o controle tributário da sua construtora e conseguir reduzir custos:

1. Criar um planejamento tributário

Planejar sempre será a melhor forma de ganhar controle, reduzir desperdícios e aproveitar oportunidades em processos da construção civil e com a carga tributária não é diferente.

Com o planejamento tributário, ou elisão fiscal, como também é conhecido, a construtora tem em mãos estudos de padrões e responsabilidades tributárias para traçar estratégias efetivas de como reduzir o valor dos impostos e tributos pagos.

Esses dados ajudam a escolher o melhor regime tributário para a empresa para que o recolhimento seja feito sem erros e sem pagar mais do que o necessário.

Mais do que isso, esse planejamento ajuda a criar, as estratégias de controle financeiro, permitindo identificar e aproveitar as melhores oportunidades de investimento, gerando ainda mais economia.

2. Aproveitar benefícios fiscais

Reduzir impostos é muito mais fácil quando sua construtora conhece bem os benefícios fiscais oferecidos para a construção civil. 

Esses benefícios na forma de auxílios fiscais são formas que o governo encontrou de oferecer facilidades que impulsionam o crescimento do setor e aquecem o mercado.

Existem benefícios relacionados à sustentabilidade, trabalhos sociais e muitos outros, sendo o ponto em comum entre eles é que uma parte dos impostos pagos são destinados a instituições e projetos de bem-estar social.

Na prática, isso significa que o imposto a ser pago terá descontos pela contribuição com o desenvolvimento do país que sua construtora promove.

3. Controle de prazos para não atrasar pagamentos

Manter os compromissos tributários em dia é essencial para que a construtora consiga reduzir cargas tributárias. 

Atrasos no pagamento geram problemas com o Fisco e altas multas, criando ainda mais custos para o negócio.

Cuidar dos prazos de pagamento, então, ajuda a evitar esses pagamentos extras não planejados e, em alguns casos, pode até gerar descontos por pagamentos antecipados.

Lembre-se: não pagar as tributações devidas nunca é uma opção para gerar economia e, além de gerar multas, pode ter consequências legais graves.

Investir na gestão para reduzir a carga tributária na construção civil

A gestão tributária é um dos elementos mais importantes para construtoras que querem não só reduzir custos, mas melhorar seu controle de processos e planejamento do negócio e das obras.

Se todo o recolhimento de impostos é controlado por essa gestão, impactando as estratégias financeiras da construtora, será impossível não ver impactos positivos nos demais processos da construção civil.

Para qualquer construtora que deseja crescer e aumentar sua lucratividade, controlar o pagamento de impostos, taxas e tributações sempre será o primeiro passo. Para fazer o controle financeiro da construção civil de maneira eficiente.

 A melhor forma de fazer isso é tendo um bom contador e contando com sistemas eficientes de gestão de obras, tendo a visibilidade necessária dos projetos para controlar seus custos e retornos.

Quer saber mais sobre carga tributária na construção civil e processos de gestão eficientes para melhorar seus resultados? 

Acompanhe os conteúdos do blog Obra Prima focados no mercado de construção para dicas práticas e efetivas. 

Experimente o nosso software de gestão de obras

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.