Pesquisar

12 boas práticas de segurança para a construção civil

Mais do que uma responsabilidade, uma obrigação: falar sobre segurança nas obras é essencial. Conheça doze boas práticas de segurança para a construção civil!
12 boas práticas de segurança para a construção civil
12 boas práticas de segurança para a construção civil

Conheça doze boas práticas de segurança para a construção civil! 

A Secretaria de Inspeção do Trabalho do Ministério do Trabalho e Previdência colocou no seu site o Radar SIT um novo painel com estatísticas e dados referentes a acidentes de trabalho e doenças ocupacionais ocorridas no país. 

O levantamento possibilita entender como anda a eficiência das medidas adotadas para assegurar a saúde e segurança do trabalho dos colaboradores de uma empresa. No caso da construção, a sinalização é positiva, com diminuição dos acidentes e fatalidades. 

O setor informou a ocorrência de 25.960 acidentes em 2020, isso representa 1,1% dos trabalhadores, 12% a menos que em 2019, que registrou 29.510. O mesmo aconteceu com o número de fatalidades, que caíram 26% de 288 em 2019 para 212 em 2020, representando 0,009% dos trabalhadores. 

Embora os números sejam positivos, não é novidade para ninguém que o cuidado com a segurança precisa ser um dos principais focos de qualquer pessoa que trabalha no setor. Com isso em mente, confira aqui doze boas práticas de segurança na construção civil. 

12 boas práticas de segurança para a construção civil

Uma preocupação constante da construção civil é a segurança, porque envolve riscos significativos para quem trabalha no projeto. Conheça as doze boas práticas de segurança na construção civil que preparamos para você: 

  1. Treinamento e orientação adequada;
  2. Equipamento de proteção individual (EPIs);
  3. Inspeções regulares;
  4. Sinalização adequada;
  5. Organização do canteiro de obras;
  6. Controle de acesso;
  7. Monitoramento constante;
  8. Gestão de riscos;
  9. Manutenção nas máquinas e equipamentos;
  10. Cuidado com trabalho de escavação;
  11. Comunicação eficaz;
  12. Responsabilidade compartilhada. 

Para entender melhor cada uma dessas boas práticas, acompanhe o texto: 

  1. Treinamento e orientação adequada

Os trabalhadores precisam ser treinados em relação aos perigos e riscos de uma obra, além de receber orientações sobre as medidas de segurança necessárias para diminuir as chances de acidentes e imprevistos. 

  1. Equipamento de proteção individual (EPIs)

O uso de EPIs como capacetes, botas, luvas, óculos de proteção, máscaras, entre outros, é obrigatório e precisa ser fornecido pela empresa. 

  1. Inspeções regulares

É fundamental realizar inspeções regulares nas obras para encontrar possíveis riscos e corrigi-los o mais rápido possível.  

  1. Sinalização adequada

É importante sinalizar a obra adequadamente para alertar os colaboradores e visitantes em relação aos perigos e riscos presentes em um canteiro. 

  1. Organização do canteiro de obras

Manter o canteiro de obras limpo e organizado é fundamental para diminuir os riscos de acidentes, além de melhorar a eficiência e produtividade do trabalho. 

Leia também: 

6 dicas para deixar seu canteiro de obras organizado – Obra Prima

  1. Controle de acesso

É fundamental controlar o acesso à obra para evitar a entrada de pessoas que não tem autorização. Isso pode ser perigoso e gerar muitos prejuízos para todos os envolvidos. 

  1. Monitoramento constante

Monitorar em tempo real as atividades da obra para encontrar riscos e perigos que possam surgir ajuda a evitar problemas e a melhorar a segurança para todos. 

  1. Gestão de riscos

Identificar os riscos e perigos de uma obra, além de adotar as medidas de prevenção para evitá-los melhora a segurança e a saúde dos colaboradores do projeto. 

  1. Manutenção das máquinas e equipamentos

As máquinas e outros equipamentos precisam de manutenção constantemente para que funcionem perfeitamente. Alguns tipos de máquinas, como, por exemplo, furadeiras, parafusadeiras, pistolas de pintura e lixadeira têm componentes que submetidos a grande pressão podem sofrer rupturas, gerando graves acidentes de trabalho. 

Por isso, certifique-se de que tudo está em bom estado de conservação e se passou por revisão, conforme indicado pelo fabricante. 

  1. Cuidado com trabalho de escavação

Antes de realizar uma escavação de um lugar é fundamental estudá-lo e conhecer os riscos. Somente dessa maneira é possível planejar bem a obra e evitar problemas de desmoronamento, queda de colaboradores ou veículos e destruição de composições ao redor, como muros, árvores e casas. 

Ao notar que as estruturas próximas podem ter sua estabilidade comprometida ou afetada pela escavação, o escoramento precisa ser realizado de maneira preventiva. É essencial ressaltar que todo trabalho de escavação precisa ser feito com o acompanhamento de um responsável técnico. 

  1. Comunicação eficaz

Manter uma comunicação eficiente entre os colaboradores, gestores e todos os outros envolvidos na obra para assegurar a adoção das medidas de segurança necessárias é fundamental para o sucesso do projeto. 

  1. Responsabilidade compartilhada

A segurança na obra é responsabilidade de todos envolvidos, desde os gestores, até os colaboradores, ou seja, todos precisam estar engajados na adoção e aplicação das medidas de segurança. 

A importância da segurança na construção civil

A segurança na construção civil é um assunto extremamente importante, porque envolve diversos riscos muito significativos para os colaboradores que estão executando o projeto. Além de garantir a integridade física desses trabalhadores, a adoção de medidas adequadas de segurança, também contribui para a diminuição do custo e a conclusão mais eficiente da obra. 

Os acidentes na construção civil podem ter graves consequências, tanto para os colaboradores envolvidos quanto para as empresas responsáveis pelo projeto. Por isso, é essencial adotar boas práticas de segurança, como o treinamento e orientação adequados, uso de equipamentos de proteção individual (EPIs), inspeções regulares, sinalização adequada e todas as outras que explicamos anteriormente. 

A gestão eficiente de riscos e a comunicação eficaz entre os colaboradores e gestores também são fundamentais para garantir a segurança de todos no projeto. A responsabilidade pela segurança na construção civil é compartilhada por todos os envolvidos, desde os gestores até os trabalhadores, ou seja, é importante que todos estejam engajados na adoção de medidas de segurança adequadas. 

Em resumo, a segurança na construção civil é uma questão que não pode, de maneira alguma, ser negligenciada, porque é fundamental para garantir a integridade física e mental dos trabalhadores e o sucesso da obra. 

A adoção de medidas de segurança adequada precisa ser uma prioridade para todas as empresas envolvidas em projetos da construção civil. 

Para mais conteúdos como este, acompanhe o blog do Obra Prima e siga a nossa conta no Instagram, estamos sempre compartilhando novidades e dicas que vão ajudar o seu dia a dia na construção civil. 

Não deixe também de escutar os episódios do nosso podcast, o Obra Cast, são muitas conversas interessantes sobre os temas mais relevantes do setor, clique na imagem abaixo e dê o play. 

banner obracast

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.