Pesquisar

Benefícios e desafios do uso da metodologia BIM em projetos de construção

Descubra como a metodologia BIM está revolucionando a construção civil, conhecendo seus benefícios e desafios na implementação em projetos.
Benefícios e desafios do uso da metodologia BIM em projetos de construção
Benefícios e desafios do uso da metodologia BIM em projetos de construção

Entenda o que é a metodologia BIM e quais são os benefícios e desafios da implementação dessa tecnologia no dia a dia da construção civil. 

A tecnologia BIM (Building Information Modeling) está sendo cada vez mais utilizada na indústria da construção civil. A modelação 3D dos projetos possibilita organizar as informações de uma construção. Tudo de maneira consolidada em uma única plataforma. Afinal, as ferramentas ficam integradas. 

Além disso, a sua utilização facilita o compartilhamento do projeto. Dessa forma, diferentes profissionais têm acesso ao longo do processo de concepção e compatibilização da obra. E, o melhor é que essa ferramenta pode proporcionar integração em tempo real. 

O BIM é uma metodologia que proporciona benefícios para engenheiros, arquitetos e outros profissionais do setor. Afinal, dependendo da maneira como é feita, é possível controlar até mesmo a operação e manutenção do edifício.  

Resumindo, o BIM é uma série de softwares, processos e métodos usados para dar suporte ao longo das etapas do projeto, isso quer dizer que ele possibilita a gestão de informação por todo o ciclo da edificação. 

E, todos os integrantes são capazes de compreender e revisar a obra com maior agilidade e facilidade gerando uma maior precisão, além de possibilitar a avaliação de alternativas em relação ao custo e outros parâmetros do projeto. 

Ao longo do texto, vamos apresentar os principais benefícios da metodologia, assim como os desafios enfrentados pelas empresas ao implementá-la. 

Benefícios da aplicação da metodologia BIM

A metodologia BIM tem um potencial transformador na construção civil, que oferece diversas vantagens significativas em comparação com as abordagens mais tradicionais de projetos e construções. Entre as principais podemos destacar: 

  1. Redução de erros e retrabalhos;
  2. Maior eficiência na gestão de projetos;
  3. Melhoria na comunicação entre os envolvidos;
  4. Aumento da precisão nas estimativas de custos e prazos;
  5. Facilitação da manutenção e operações futuras.

Agora que você conhece os benefícios oferecidos pela metodologia BIM, vamos entender melhor cada um deles: 

  1. Redução de erros e retrabalhos

A metodologia BIM permite que os diversos elementos de uma obra sejam modelados em um ambiente virtual tridimensional. Isso possibilita a identificação antecipada de erros e conflitos de projeto, como a interferência entre sistemas hidráulicos e elétricos, por exemplo. Com a detecção precoce desses problemas, os erros são reduzidos, gerando menos retrabalho e economia dos recursos. 

  1. Maior eficiência na gestão de projetos

O BIM não é apenas modelagem 3D, essa ferramenta também integra informações em relação ao prazo, custo e outros aspectos do projeto. Isso possibilita uma melhor gestão da obra, uma vez que os stakeholders podem monitorar a evolução em tempo real, identificar possíveis atrasos e tomar medidas corretivas de maneira mais eficiente. 

  1. Melhoria na comunicação entre os envolvidos

Outra grande vantagem da tecnologia BIM é a sua promoção da colaboração mais eficaz entre todos os envolvidos em um projeto da construção, incluindo engenheiros, arquitetos, proprietários, gerentes de instalação e construtores. Todos podem acessar um único modelo centralizado, o que simplifica a troca de informações e a resolução de problemas de forma mais precisa e ágil. 

  1. Aumento da precisão nas estimativas de custos e prazos

Com a utilização do BIM, é possível extrair automaticamente as informações relacionadas a quantidades, componentes e materiais a partir do modelo virtual. Isso resulta em estimativas de custos e prazos mais precisos, uma vez que os dados vêm diretamente do projeto detalhado. Isso diminui a chance de surpresas indesejadas durante o período de construção. 

  1. Facilitação da manutenção e operações futuras

O modelo BIM não é útil apenas durante o período de construção, mas também proporciona vantagens ao longo do ciclo de vida do edifício. Informações detalhadas em relação aos componentes do edifício podem ser utilizadas para planejar operações e manutenções futuras, assegurando uma vida útil mais eficiente e longa. 

Desafios enfrentados para implementar o BIM

A metodologia BIM precisa ser aplicada de maneira consciente na construção para que ela traga frutos positivos. Em primeiro lugar é crucial determinar os objetivos com a utilização da tecnologia. Depois, é importante revisar os contratos. É necessário também ter o apoio diretivo, convencer os diretores de que o BIM não é um custo e sim um investimento. Esses dois são apenas os primeiros desafios enfrentados pela empresa ao implementar a ferramenta. Conheça a seguir outros e descubra como superá-los: 

  1. Necessidade de capacitação do time;
  2. Integração de diversos softwares;
  3. Adaptação de processos internos;
  4. Resistência cultural. 

Entenda melhor cada um desses desafios no texto a seguir: 

  1. Necessidade de capacitação do time

O BIM necessita que os profissionais da construção, como engenheiros, modeladores e arquitetos, adquiram novos conhecimentos e habilidades. A transição para o uso eficiente dos softwares BIM exige treinamento intensivo para o time. A falta de pessoal com capacidade para utilizar a ferramenta pode gerar atrasos na implementação. 

  1. Integração de diversos softwares

Muitas vezes, as empresas enfrentam dificuldades ao tentar integrar vários softwares BIM utilizados por diferentes partes do time. Essa falta de capacidade de se comunicar entre os softwares pode resultar em problemas de compatibilidade e dificuldades na troca de dados entre os profissionais. 

  1. Adaptação de processos internos

A mudança para o BIM muitas vezes exige uma revisão completa dos processos internos de trabalho. Isso pode ser um grande desafio, porque as empresas precisam reavaliar e redesenhar fluxos de trabalho já estabelecidos, o que pode encontrar resistência entre colaboradores acostumados com as práticas mais tradicionais. 

  1. Resistência cultural

A aplicação do BIM frequentemente envolve uma grande mudança na cultura da empresa. Alguns membros da equipe podem ser mais resistentes em abandonar métodos já conhecidos e adotar uma abordagem baseada na tecnologia. A relutância à mudança e a falta de compreensão das vantagens do sistema podem ser desafios que precisam ser vencidos. 

Já pensou em implementar o BIM na sua empresa?

A metodologia BIM traz uma abordagem mais holística e colaborativa para o processo construtivo, resultando em projetos mais econômicos, eficientes e de melhor qualidade. Ela se alinha com as crescentes demandas por construção inteligente e sustentável, além de atender às necessidades de um segmento cada vez mais interconectado e complexo. 

Gostou desse conteúdo? Então, acompanhe o blog do Obra Prima, estamos sempre compartilhando novidades. Siga a nossa conta no Instagram para muitas dicas! 

Aproveite também para conhecer o Obra Prima, uma ferramenta de gestão de obras que suporta a metodologia BIM. Clique na imagem abaixo, agende uma demonstração e conheça todas as funcionalidades do nosso sistema: 

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.