Menu

A sua construtora precisa de um software de gestão de obras

Gabriela Pereira de Souza

Compartilhe nosso conteúdo

Descubra quatro dores que alertam para a necessidade de investir em um bom software de gestão de obras.

A construção civil é um setor que está constantemente sendo beneficiado pelo surgimento de novas tecnologias. Com os drones, a vistoria de obras mesmo em áreas mais perigosas ou em altura se tornou mais simples e segura, com a aplicação da nanotecnologia em materiais estruturas se tornaram mais confiáveis e a qualidade da obra foi ampliada, com blocos pré-fabricados a execução de obras se tornou mais sustentável e rápida.

Construtoras que desejam melhorar sua competitividade no mercado, lucratividade, qualidade e crescimento diferenciado não podem ignorar as tendências da tecnologia na construção civil.

Entre tantas opções que surgem no mercado, uma tecnologia tem se destacado e ganhado cada vez mais espaço, oferecendo novas oportunidades de crescimento inclusive em momentos de crise mesmo para pequenas e médias construtoras: o software de gestão de obras.

Mas o que é um software de gestão de obras? É um sistema digital que possibilita a centralização e automatização da sua gestão de obras, garantindo maior controle e eficiência para o controle de cada processo do projeto do planejamento à entrega. 

Esse sistema vai ajudar a sua construtora a: 

  • acompanhamento de orçamentos de obras;
  • criar cronogramas físico-financeiros com mais facilidade;
  • ter um controle de estoque e fluxo de caixa;
  • criar e armazenar em segurança os contratos e outros documentos;
  • uma maior comunicação com o canteiro de obras e clientes;
  • facilitar pesquisas para compras e negociação com fornecedores atendem todas as necessidades de uma obra.

A ideia central é tirar a gestão das múltiplas planilhas do Excel para centralizar processos em um aplicativo que pode ser acessado com o celular, tornando o dia a dia da construtora mais simples e reduzindo erros, prejuízos e desperdícios.

Pode parecer um avanço desnecessário para empresas que não querem investir em novas tecnologias, mas o sistema de gerenciamento de obras pode ser o diferencial que sua construtora está esperando para crescer.

Veja aqui os sinais de que já é hora de colocar sua gestão de obras nas mãos da tecnologia.

4 sinais de que é hora de investir em um sistema de gerenciamento de obras

Os softwares de gestão de obras oferecem muitas vantagens e benefícios para a otimização de processos e resultados das obras, mas, mais do que isso, atendem diretamente às dores da construtora, oferecendo soluções simples.

Veja aqui quais dores podem ser um sinal de que é hora de investir nessa tecnologia:

1. Muitos projetos dando prejuízo;

Se sua construtora tem, frequentemente, sofrido com prejuízos em projetos, o software de gestão de obras pode ser seu melhor amigo. Prejuízos podem ser resultado de erros no orçamento, cálculo incorreto de materiais ou erros no planejamento, execução ou acompanhamento do projeto.

Lembre-se: na construção civil, o menor erro sempre gera custos.

Com um sistema de gerenciamento de obras, mais do que reduzir os erros de cada uma dessas etapas já no planejamento, sua construtora tem um acompanhamento com maior visibilidade e eficiência para garantir que caso algum erro ocorra possa ser solucionado antes de causar prejuízos.

2. Excesso de compras emergenciais

As compras emergenciais são um sinal de que a sua construtora não tem controlado o fluxo de caixa. Seja por uma falta na verba para compras antecipadas ou erros nos cálculos. Tudo isso vai gerar falta de materiais e prejuízo para a sua construtora. 

Mais uma vez o software resolve o problema na raiz. Com a funcionalidade específica para o departamento financeiro, integrada com estoque e compras, o controle do fluxo de caixa é mais eficiente. Assim, sua construtora pode estabelecer estratégias para compras e datas de pagamento e poder se planejar para os custos do projeto.

Além disso, os históricos de obras e ferramentas de medição garantem que o cálculo de quantidade de materiais seja feito de forma correta e os riscos de faltar material no meio da obra sejam reduzidos.

Leia também: 

​​Descubra como evitar as compras emergenciais na construção civil – Obra Prima

3. Obras atrasadas

Cronogramas de obras não só precisam ser criados com base em previsões realistas de tempo para realizar cada atividade e etapa. Além disso, é preciso considerar uma margem de segurança para imprevistos e riscos.

Pode parecer simples considerar todos esses elementos em uma planilha do Excel, mas apenas um elemento ignorado ou mal calculado pode causar atrasos que gerem prejuízos ou mesmo a impossibilidade de seguir com o projeto.

Mais uma vez, os históricos registrados no software podem oferecer uma base mais concreta para o cálculo de tempo das atividades, importando diretamente para a área da obra a ser realizada e eliminando os erros humanos.

Além disso, a construtora ganha mais controle na comunicação com os trabalhadores e fornecedores, o que garante a possibilidade de alinhar cada detalhe do projeto e sofrer menos com surpresas.

4. Falta de controle de fornecedores

Ter um registro das cotações realizadas, o auxílio das bases oferecidas pela Tabela Sinapi e poder realizar comparações automatizadas entre produtos, marcas e fornecedores é um grande diferencial para conquistar o melhor custo-benefício nas compras.

Com a área de fornecedores e integração da área de orçamentos com a Tabela Sinapi, sua construtora ganha mais controle dos fornecedores. É possível não apenas realizar a cotação online e a comparação das ofertas, mas homologar os fornecedores com observações sobre as opções de parcelamento, cumprimento de prazos de entrega e qualidade da logística e dos insumos vendidos.

Obra Prima: o software de gestão de obras completo para sua construtora

Todas as funcionalidades mencionadas anteriormente podem ser encontradas no software de gestão de obras do Obra Prima, além de muitas outras como o espaço para elaboração de Relatórios Diário de Obras e a área de comunicação e compartilhamento de fotos, vídeos e documentos com o cliente.

Com tantas vantagens oferecidas pelas funcionalidades é difícil decidir o destaque nos diferenciais Obra Prima, mas podemos colocar um destaque especial para a gestão financeira da construtora.

Mais do que oferecer espaços para elaboração e controle dos orçamentos de cada obra, o software garante que os custos indiretos, ou seja, os do escritório da construtora sempre sejam considerados, as margens de lucro protegidas e o crescimento beneficiado.

O melhor de tudo é que todas essas vantagens são oferecidas em planos de contratação que cabem no bolso mesmo das pequenas e médias construtoras sem ter que renunciar a funcionalidades essenciais para uma gestão de obras otimizada.

Quer descobrir como contratar um software de gestão de obras? Clique na imagem abaixo e descubra como o nosso sistema funciona. 

Software de gestão de obras

Pesquisar matéria

Quer transformar sua gestão de obras?

Experimente o sistema Obra Prima!

Matérias relacionadas

A sua construtora precisa de um software de gestão de obras

Conheça aqui 4 sinais de que a sua construtora precisa de um software de gestão de obras! Use a tecnologia a seu favor e veja sua empresa crescendo:
A sua construtora precisa de um software de gestão de obras
A sua construtora precisa de um software de gestão de obras

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.