Pesquisar

8 motivos que podem afetar o previsto e realizado de uma obra

Vamos explorar oito aspectos que têm o potencial de impactar significativamente o previsto e o realizado de uma obra. 

Entenda os fatores que podem passar despercebidos e atrapalhar muito o desempenho e como é possível evitá-los. Descubra também as dicas que preparamos para você neste material completo sobre o tema. 

Certamente, Comparar o previsto com o realizado é primordial para analisar o desempenho de uma obra e tomar decisões assertivas para garantir a conclusão com sucesso. Se houver grandes divergências, isso pode indicar uma necessidade de ajuste no plano, implementação de medidas corretivas ou revisões estratégicas de execução. 

Além disso, o acompanhamento constante do previsto e realizado possibilita uma gestão de obra mais eficiente, ajudando a evitar atrasos, estouros no orçamento e outros problemas que possam aparecer ao longo da construção.  

Afinal, o sucesso de um empreendimento depende de vários fatores, entre eles, o planejamento e a execução eficiente! Quando esses dois elementos saem do controle, muito provavelmente o previsto e o realizado não irão coincidir. 

Isso porque, eles controlam os custos, fazem a gestão de prazos, garantem a qualidade do trabalho fornecido, realizam o gerenciamento de riscos, cuidam da segurança e da satisfação do cliente. 

Em resumo, o planejamento e a execução eficientes de um projeto são primordiais para assegurar que o empreendimento seja concluído com êxito, atendendo aos requisitos de prazo, segurança, qualidade e custo.

Isso não só beneficia diretamente a empresa e o cliente, mas também ajuda na reputação geral da indústria da construção. 

Então, durante o planejamento de um projeto, é crucial determinar expectativas realistas em relação aos prazos e custos envolvidos. Isso envolve diversas etapas, como: estimativa inicial dos custos, análise dos riscos financeiros, estimativa inicial dos prazos e revisões periódicas. 

8 motivos que podem afetar o previsto e o realizado de uma obra

Existem diversos aspectos que podem afetar o previsto e o realizado de uma obra, entre eles, podemos destacar: 

  1. Falta de planejamento;
  2. Condições adversas de clima;
  3. Atrasos na entrega de insumos;
  4. Orçamento incompleto; 
  5. Flutuações no preço dos materiais;
  6. Eventos externos;
  7. Escassez de mão de obra;
  8. Atrasos inesperados na conclusão de etapas.

Então agora que você sabe quais são os fatores que podem afetar o previsto e realizado da obra, vamos entender mais a fundo: 

1. Falta de planejamento

Já falamos da importância do planejamento anteriormente. Ele é o segredo de um projeto bem realizado. A falta da boa elaboração dessa etapa pode trazer consequências muito graves para o projeto. 

É muito mais do que prever datas e prazos. Planejar é uma tarefa complexa, que envolve todos os aspectos de uma construção, desde a mão de obra até os insumos que serão usados – o responsável precisa considerar cada detalhe, inclusive tentar prever e considerar as intempéries, ou condições adversas de clima. 

2. Condições adversas de clima

Esse tópico pode atrapalhar tanto o custo quanto o prazo de uma construção. As condições climáticas que até podem ser previstas, mas não controladas, como vento forte, chuva, vendaval, seca, entre muitos outros. 

Elas são capazes de atrapalhar a obra e deixá-la parada por dias, atrasando o planejamento e, por consequência, a entrega final do projeto para o cliente. 

Por fim, uma dica para evitar problemas com as condições climáticas é planejar bem a estação do ano em que o projeto vai acontecer e conhecer bem a realidade da região. 

3. Atrasos na entrega de insumos

O atraso da entrega dos materiais pode acontecer e influenciar tanto no prazo – porque algumas etapas só serão possíveis com os insumos específicos – quanto o orçamento, dependendo do caso pode ser preciso comprar materiais com urgência, aumentando o custo. 

Para que isso não aconteça, é fundamental realizar um planejamento que leve em consideração essa possibilidade e maneiras de evitar problemas. 

4. Orçamento incompleto

Um dos fatores que mais causam alteração no preço das obras são as falhas no orçamento. Diversas vezes, o planejamento financeiro não leva em conta todas as fases e deixa de fora insumos, detalhes ou uma parte técnica que é fundamental para outra etapa. 

A gestão de um orçamento de obras passa pela planilha. Para evitar erros, confira então 7 itens essenciais que precisam estar na análise: 

  1. Atribuir uma composição de preços para cada serviço levantado no projeto;
  2. Levantar os custos indiretos e acessórios;
  3. Incluir os impostos e determinar o lucro desejado;
  4. Determinar o preço de vendas;
  5. Calcular o BDI (Budget Difference Income, ou Benefícios e Despesas Indiretas);
  6. Aplicar o BDI linearmente em toda a sua planilha;
  7. Fazer o fechamento com preço de venda. 

Um controle eficaz é o maior aliado dos times que trabalham no canteiro de obras, pois podem assegurar um olhar rigoroso em relação aos fatores que aceleram ou atrasam o ritmo dos empreendimentos. É também o melhor amigo de quem deseja determinar prazos realistas e cumpri-los.   

Quer um modelo de orçamento para não errar mais? Faça download do nosso, ele é gratuito e completo! Clique na imagem abaixo, baixe e comece a usar nos seus próximos projetos: 

5. Flutuações no preço dos materiais

As flutuações nos preços dos materiais podem ter um impacto significativo no previsto e realizado de um projeto, afetando os custos, qualidade e prazos do projeto. Afinal, gerenciar essas flutuações de maneira eficaz exige uma combinação de planejamento cuidadoso, monitoramento constante e estratégia de mitigação de riscos. 

Uma forma de evitar que essas flutuações te peguem desprevenido é elaborando um bom orçamento de obras, com a ferramenta certa! Com o modelo completo e gratuito do Obra Prima, você vai conseguir fazer: 

  • Orçamento de custo e venda;
  • Precificar material e mão de obra;
  • Evitar prejuízos no final do projeto com um planejamento financeiro mais preciso;
  • Agilizar o processo de criação desse documento. 

6. Eventos externos

Existem diversos eventos externos, como pandemias e crises econômicas, que podem criar diversos desafios para o setor da construção civil, afetando os preços de materiais e, consequentemente, o previsto e o realizado de uma obra. 

Além disso, gerenciar essas barreiras exige planejamento cuidadoso, monitoramento constante e estratégia de mitigação de riscos adaptáveis às condições em constante mudança. 

7. Escassez de mão de obra

A gestão de obras é uma das áreas mais desafiadoras da realização de um projeto, e a escassez de profissionais qualificados pode ter um grande impacto no previsto e o realizado, como:

  • Concorrência por talentos: A falta de profissionais qualificados pode muitas vezes levar a uma forte concorrência entre as organizações do setor para atrair e reter os talentos. O que pode gerar um aumento no custo da mão de obra;
  • Impacto no cronograma: a falta de mão de obra qualificada pode provocar atrasos na realização da construção, uma vez que pode ser difícil encontrar profissionais disponíveis para fazer os serviços;
  • Qualidade do trabalho: quando há falta de profissionais qualificados, pode ser preciso contratar colaboradores menos experientes ou subcontratar partes do trabalho para empresas terceirizadas. Isso pode comprometer a qualidade do serviço prestado, levando a problemas e a necessidade de refação, segurança e custos adicionais para correção.   

Esses são apenas alguns dos problemas causados pela escassez de mão de obra que afetam o previsto e o realizado de um projeto. 

8. Atrasos inesperados na conclusão de etapas

Muitas vezes atrasos na conclusão de etapas podem gerar custos adicionais para a obra. Algumas das consequências são: custos adicionais de mão de obra, custos de equipamento e materiais, perda de eficiência, penalidades contratuais, impacto no cronograma geral e até repercussões legais. 

5 dicas para evitar que o previsto e realizado seja afetado

Entendeu quais são os principais aspectos que podem afetar o previsto e realizado de um projeto? Vamos então para cinco dicas mais práticas que te ajudem a evitar dores de cabeça e problemas: 

  1. Faça uma análise de riscos;
  2. Invista muito tempo no planejamento;
  3. Gestão eficaz é uma peça essencial;
  4. Acabe com a má comunicação na sua empresa;
  5. Cumpra as normas e regulamentações legais. 

Acompanhe o texto a seguir para entender melhor as cinco dicas que separamos: 

1. Faça uma análise de riscos

Muitas vezes, na pressa de fechar o negócio com o cliente, vemos que os contratos são negociados sem levar em consideração o tempo de realização da obra. Dessa maneira, o empreiteiro esquece de calcular o impacto que poderá sofrer se algo atrasar, seja por sua responsabilidade ou do cliente. Punições ou aditivos contratuais são boas formas de nenhum dos dois lados sofrer com prejuízos financeiros. 

Outro ponto importante é que você precisa levar em consideração a inadimplência de fornecedores e prestadores de serviço. Na análise financeira, identifique cada passo para que o fluxo de caixa não fique defasado. Essas previsões podem ajudar em uma possível gestão de crise. 

2. Invista muito tempo no planejamento

Vimos, ao longo do texto, como o bom planejamento é crucial para o sucesso dos seus projetos. Então, invista o tempo necessário para criar esse documento com qualidade e a maior quantidade de detalhes possíveis. Isso faz toda a diferença. 

3. Gestão eficaz é uma peça essencial

Outro aspecto muito importante para evitar grandes discrepâncias entre o previsto e realizado é fazer uma gestão eficiente, que esteja pronta para lidar com problemas, que não deixe a mão de obra ociosa e incentive produtividade e qualidade. Esses são apenas alguns dos papeis da gestão, existem muitos outros.

Se você quer uma ferramenta que te dá o controle total de todas as etapas do seu projeto com agilidade e eficiência, sem os custos e complexidades dos softwares tradicionais, conheça o Obra Prima! Clique na imagem abaixo, agende uma demonstração gratuita e sem compromissos para descobrir tudo que nosso sistema pode fazer pela sua empresa: 

Com o nosso software, você vai substituir de uma vez por todas o papel, a caneta e as planilhas. Consulte e compartilhe a qualquer momento, com o seu cliente, de maneira detalhada e organizada o relatório do Previsto x Realizado e as razões para cada uma das atualizações. 

Essas informações vão tornar a tomada de decisão para alocar recursos e esforços muito mais precisa. 

O Obra Prima também vai contribuir para uma boa organização e cumprimento dos prazos. Além disso, você vai ter muito mais controle do seu dia a dia e do andamento da obra usando o nosso modelo de Relatório Diário de Obras, clique na imagem abaixo, faça o download e comece a usar:

Banner 3: RDO
4. Acabe com a má comunicação na sua empresa

A má comunicação é outro grande vilão do previsto e do realizado. Por isso, procure maneiras de estabelecer um bom canal entre todos os envolvidos, desde os colaboradores, até os fornecedores e clientes. 

O Obra Prima oferece um canal para você não precisar usar o WhatsApp ou e-mail e correr o risco de perder o histórico. 

5. Cumpra as normas e regulamentações legais

Sempre falamos aqui no blog sobre as normas e regulamentações. É fundamental para as empresas que buscam sucesso, seguir essas diretrizes. Afinal, os projetos podem ser paralisados e a organização pode até ser fechada caso eles não sejam cumpridos.  

Como evitar problemas que afetam o previsto e realizado de uma obra

Então, para concluir, o previsto e realizado de uma obra são fundamentais para o sucesso de qualquer projeto e, consequentemente, da empresa. Prever e controlar todos os aspectos pode ser complicado, mas conhecendo as barreiras, seguindo as dicas e usando as ferramentas certas, vai ficar muito mais fácil. 

E, embora imprevistos sejam inevitáveis, uma abordagem estratégica e flexível pode mitigar muito os impactos negativos. Chegou a hora de parar de perder dinheiro e tempo, comece a usar o nosso software. 

Já conhecia os oito motivos que podem afetar o previsto e realizado da obra? E levava eles em conta na hora de se planejar? Então, coloque as dicas em prática, comece a usar a ferramenta do Obra Prima e encontre a solução para muitos dos seus problemas. 

Aproveite para acompanhar o nosso blog, estamos sempre compartilhando conteúdos exclusivos do universo da construção civil. Siga também a nossa conta no Instagram, lá tem muita dica importante. 

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.