Pesquisar

6 problemas que um software de gestão de obras resolve 

Existem muitas vantagens em usar um software de gestão de obras. Listamos aqui seis problemas que esse sistema vai resolver para você. Confira:
6 problemas que um software de gestão de obras resolve
6 problemas que um software de gestão de obras resolve

Descubra as vantagens que o software de gestão de obras pode trazer para a sua construtora na hora de reduzir erros.

A construção civil é um setor em que cada detalhe pode causar grandes impactos e problemas na obra.  

Tecnologias da construção surgem todos os dias para tentar garantir que os impactos sejam sempre positivos para as construtoras e os problemas sejam resolvidos.

Leia também: 

6 tecnologias imprescindíveis para a construção civil – Obra Prima

Entre as que mais se destacam pela efetividade em gerar um controle total está o software de gestão de obras.

Conheça mais sobre essa tecnologia e os problemas que ela resolve no dia a dia de obra e na gestão da sua construtora.

Software de gestão de obras e a solução de problemas na construção civil

Sistemas completos que consideram cada pequena etapa de uma obra, desde o início do planejamento até a entrega ao cliente.

Os softwares de gestão de obras podem ser um grande diferencial para construtoras, resolvendo uma série de problemas na obra.

Veja aqui quais os principais:

1. Problemas com o orçamento de obras que geram prejuízos

Orçamentos devem ser cuidados ao longo de todo o planejamento e execução de obras. 

Nele é definido quanto dinheiro a construtora possui disponível para completar o projeto.

Estabelecida a margem de lucro que conseguirá e os descritivos de custos de cada material e hora de trabalho da mão de obra.

Por isso, mais do que ter um orçamento de obras desenvolvido sem erros, as construtoras precisam conseguir acompanhar os gastos do dia a dia da obra.

Isso vai garantir que o planejamento está sendo cumprido e que os custos do projeto não são maiores que o esperado.

Essa é a primeira vantagem que o software de gestão de obras oferece para solucionar problemas na obra para a construtora. 

Orçamentos desenvolvidos no sistema são mais detalhados.

As contas automatizadas não possuem os erros por desatenção que humanos cometem. 

Além disso, a plataforma integrada com departamento de comprar e projeto com etapas detalhadas garante que nenhum material, serviço ou equipamento seja desconsiderado na análise de custos.

Bons softwares também calculam, automaticamente, os custos indiretos da construtora indicados pelo departamento financeiro, garantindo controle total do fluxo de caixa e protegendo a lucratividade.

Leia também:

Planejamento estratégico para as construtoras! – Obra Prima

2. Problemas com o acompanhamento de obras que geram atrasos

Se o orçamento já é pensado nos softwares para ser acompanhado constantemente, não é de se espantar que seja considerado também um cronograma otimizado.

O acompanhamento do dia a dia da obra com esses sistemas de gestão cria um histórico de projetos da construtora.

Tornando a descrição das etapas e atividades e considerando o tempo de execução de maneira mais realista.

Com isso, as possibilidades das construtoras atrasarem as entregas por considerar um tempo curto demais é muito reduzido. 

Além disso, esse acompanhamento é otimizado com funcionalidades como o Relatório Diário de Obras (RDO).

Esse documento garante que cada ocorrência do canteiro seja considerada e pequenos atrasos sejam notados antes que impactem os prazos estipulados.

3. Problemas com a falta de visibilidade do cronograma que geram erros no controle de estoque

Se o cronograma possui menos erros e o acompanhamento diário é facilitado, a visibilidade dos prazos e necessidades do dia a dia da obra é mais visível. 

Com isso, mais do que controlar prazos, o software de gestão de obras garante que as construtoras verifiquem o uso de insumos no canteiro de obras.

Esse é um controle que gera mais organização para o registro de entrada e saída de materiais do estoque. 

Assim, sua construtora sabe se tem os materiais disponíveis para a execução da próxima etapa ou atividade antes do dia de seu início.

E não corre o risco de ter paralisações por falta de insumo.

Esse controle de estoque ainda beneficia o financeiro, já que é possível estabelecer um melhor planejamento de compras e evitar aquisições de urgência.

Em geral, essas aquisições possuem custos mais elevados que o estabelecido em orçamento inicial.

4. Problemas na análise de riscos que geram imprevistos

O mesmo histórico que se cria para facilitar a organização de cronogramas de obra também se aplica na facilitação de análises de risco. 

Com um controle de problemas, acidentes e imprevistos enfrentados em projetos anteriores, a construtora consegue analisar, ainda no planejamento, os riscos que podem afetar futuras obras.

Essa é uma vantagem essencial para a SST.

Permitindo que medidas preventivas mais eficientes sejam consideradas e que as construtoras estejam preparadas para proteger os trabalhadores, o orçamento, o cronograma e as estruturas mesmo quando surpreendida por um dia de chuvas.

Além disso, com um controle detalhado, a gestão para que Normas Regulamentadoras direcionadas para a segurança do trabalho podem ser melhor fiscalizadas.

Já o estoque passa a garantir que os EPIs e EPCs necessários estejam sempre disponíveis e com a manutenção em dia.

5. Problemas com fornecedores que geram problemas na obra dentro do canteiro

Quando o fornecedor não faz a entrega dos materiais no prazo acordado ou envia materiais faltando, toda a logística e planejamento do canteiro de obras vai por água abaixo.

Isso pode causar atrasos, desperdício de outros materiais e mão de obra parada sem poder trabalhar.

Utilizar os softwares de gestão de obras para fazer a homologação:

  • Dos fornecedores, analisando a qualidade dos serviços;
  • Custo-benefício dos produtos que oferece; 
  • Parcelamentos e prazos de pagamento oferecidos.

Tudo isso garante que a construtora tenha informações para escolher seus fornecedores de forma mais estratégica.

Além disso, o sistema de gestão de obras permite realizar cotação com fornecedores diretamente na plataforma.

Criando um sistema de cadastro com pré-requisitos para o envio de cotação e armazenamento de ordem de compras.

6. Problemas com a comunicação com o cliente final, que geram perda de documentos ou ruídos de comunicação

Mais do que um sistema de gestão, softwares são plataformas interativas que beneficiam, inclusive, a comunicação com clientes e organização de documentos.

Com cópias de tudo salvas e disponíveis para consulta nos aplicativos, seu cliente pode:

  • Enviar mensagens;
  • Consultar documentos;
  • Ver fotos do canteiro
  • Acompanhar a evolução do cronograma e uso do orçamento.

Não se esqueça, uma relação mais transparente e de confiança pode gerar novos contratos e indicações para outros clientes em potencial.

Chega de dores de cabeça: elimine erros com softwares de gestão de obras

Para controlar todas as etapas do planejamento, execução e entrega de obras na construção civil, é preciso ter um sistema completo e integrado que garanta dados concretos e processos mais assertivos.

Essas funcionalidades, como as que oferece o software Obra Prima, garantem que erros por desatenção ou falta de detalhamento sejam eliminados, garantindo uma gestão de obras otimizada para seus projetos.

Conheça aqui as vantagens para financeiro, estoque, compras, desenvolvimento de cronogramas e orçamentos do Obra Prima e muitas outras funcionalidades exclusivas do nosso software para otimizar os processos e resultados da sua construtora.

Software de gestão de obras

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.