Pesquisar

5 boas práticas para evitar acidentes na construção civil

5 boas práticas para evitar acidentes na construção civil
5 boas práticas para evitar acidentes na construção civil

Conheça 5 boas práticas para evitar acidentes na construção civil e trazer mais segurança para o canteiro de obras!

A construção civil é um dos setores que mais emprega pessoas no Brasil. Porém, também há um alto índice de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais. 

De acordo com o Ministério do Trabalho, os colaboradores desse ramo têm três vezes mais chances de se envolverem em acidentes de trabalho fatais do que profissionais de outras áreas. 

Segundo um levantamento feito pela Secretaria de Inspeção do Trabalho, no setor da construção civil, em 2020, aconteceram 25.960 acidentes (1,1% dos trabalhadores), 12% a menos que os 29.510 de 2019. 

O mesmo aconteceu com o número de óbitos, que caíram 26%, de 288 em 2019 para 212 em 2020 (0,0009% dos colaboradores). Esses são dados preocupantes, porque, embora os acidentes na construção civil estejam diminuindo, ainda é um setor com altos riscos. 

Então, é fundamental que as construtoras conheçam bem as normas regulamentadoras, estabelecidas pela SST (Saúde e Segurança do Trabalho) para evitar ao máximo que esse tipo de situação aconteça nos seus canteiros de obras. 

Já falamos bastante aqui no blog sobre essas NRs, relembre de algumas:

NR 5 – CIPA: o que é essa Norma Regulamentadora e qual sua importância para a construção civil? | Obra Prima

NR 7: tudo que você precisa saber sobre essa Norma Regulamentadora | Obra Prima

NR 10: o que é essa Norma Regulamentadora e qual sua importância para a construção civil? | Obra Prima

NR 35: a importância da SST para a Construção Civil | Obra Prima

Vamos descobrir as boas práticas que podem ajudar a sua empresa? Acompanhe no texto: 

5 dicas para evitar acidentes na construção civil

Entre os principais tipos de acidentes que acontecem nesse setor, estão: 

  • Quedas de altura devido à falta de cintos de segurança ou guarda corpos;
  • Distensões musculares ocasionadas pelo carregamento de pesos muito elevados;
  • Danos auditivos devido à exposição prolongada de ruídos intensos;
  • Queda de objetos por falta de isolamento de áreas ou falta de uso do capacete;
  • Impacto por veículos de transporte da construção civil;
  • Lesões por Esforços Repetitivos (LER) em decorrência de atividades que precisam da repetição de movimentos;
  •  Lacerações e cortes por uso inadequado ou até falta de EPI (Equipamento de Proteção Individual);
  • Doenças e alergias respiratórias por instalações inadequadas ou falta de qualificação do profissional. 

Esses são apenas alguns dos muitos acidentes na construção civil que podem acontecer durante um dia de trabalho no canteiro de obras. Por esse motivo é tão importante conhecer as boas práticas e seguir as normas regulamentadoras para evitar problemas. 

  1. Respeite as normas regulamentadoras (NRs)
  2. Faça o treinamento dos seus colaboradores
  3. Usar EPI é fundamental
  4. Mantenha o canteiro de obras organizado
  5. Crie uma CIPA da obra

Vamos entender melhor cada uma dessas dicas e colocar as boas práticas em ação no dia a dia do canteiro de obras: 

1. Respeite as normas regulamentadoras (NRs)

Como já falamos anteriormente, as normas regulamentadoras são importantes para a segurança do trabalho na construção civil. 

Para ter certeza de que a sua construtora está dentro das normas de prevenção de acidentes na construção civil, é necessário entender e seguir as diretrizes estabelecidas pelas NRs, sendo que cada uma delas tem um procedimento específico com as suas regras. 

As normas regulamentadoras buscam cumprir os seguintes objetivos: 

  • Assegurar a saúde e a integridade física dos colaboradores no canteiro de obras e no escritório;
  • Determinar as responsabilidades e atribuições dos profissionais;
  • Estabelecer e operar mecanismos de prevenção ao longo dos processos de realização dos projetos no canteiro de obras;
  • Estimular e valorizar as técnicas de execução de cada uma das tarefas, reduzindo os riscos de acidentes e doenças. 

Além disso, uma das principais é a NR 18, que planeja, organiza e administra o canteiro de obras independente das circunstâncias. A sua função é proporcionar a implementação de estratégias para a prevenção e o controle dos riscos, aumentando a segurança do trabalho. 

2. Faça o treinamento dos seus colaboradores

Também já pontuamos aqui no blog sobre a importância do treinamento aos seus colaboradores, relembre aqui. Instruir os profissionais é o primeiro passo para ajudá-los a entender os padrões de segurança, para evitar falhas ou erros. Afinal, mais do que apenas respeitar as normas, é importante prezar pelo canteiro de obras.

O treinamento da equipe possibilita que eles percebam o seu papel na empresa e o quanto isso é essencial para o desenvolvimento do trabalho. Logo, a capacitação contribui para que as tarefas sejam feitas com mais eficiência e qualidade. 

Dessa maneira, é fundamental incentivar a participação em cursos técnicos, palestras e eventos sobre a prevenção de acidentes na construção civil, sendo promovidos pela própria empresa. 

3. Usar EPI é fundamental

Os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) são de uso obrigatório que garantem a saúde dos colaboradores e prevenem acidentes. Toda empresa precisa fornecer esses equipamentos para o trabalhador, sejam eles óculos de proteção, botas ou capacetes. 

Eles são específicos para ajudar a proteger todo o corpo, principalmente as partes mais sensíveis ou que possam ingerir ou inalar algum tipo de substância nociva. Porém, dependendo da tarefa que precisa ser realizada pelo profissional, pode ser necessário a utilização de EPI anti queda, como no caso de trabalhos feitos nas alturas. 

É importante ressaltar que os trajes não fabricados dentro das normas de segurança acabam sendo desconfortáveis e pouco flexíveis e podem até trazer riscos para a saúde de quem vai usar. 

4. Mantenha o canteiro de obras organizado

Outro assunto que já trouxemos no blog: a importância de manter o canteiro de obras bem organizado. Manter sob controle os documentos técnicos e trabalhistas e facilitar o gerenciamento de recursos são pontos principais para tornar a burocracia da obra mais simples.

Isso ajuda nas entregas e devoluções dos EPIs, na capacitação de cada um dos profissionais e nas ações de treinamento. Um projeto passa por diversas etapas, e cada uma delas segue procedimentos diferentes. Alguns princípios básicos são comuns a todos, como: 

  • Descarte eficiente dos entulhos;
  • Organização e limpeza do canteiro de obras;
  • Fornecimento de materiais de construção seguindo o cronograma para evitar acúmulo ou falta de materiais;
  • Adequação do cronograma;
  • Supervisão, que precisa ter um caráter educativo e fiscal. 

Existem algumas ferramentas que podem te ajudar a manter o seu canteiro organizado e você por dentro do que está acontecendo mesmo de longe: o RDO, ou Relatório Diário de Obras. 

Banner 3: RDO

5. Crie uma CIPA da obra

A CIPA é a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, esse é um grupo formado pelos próprios colaboradores, que são selecionados para fazer uma série de ações que visam encontrar os riscos e as negligências para pensar em estratégias e resolver os problemas, baseados nas leis trabalhistas. 

Continue de olho nas boas práticas

Essas são apenas algumas das boas práticas para evitar acidentes na construção civil, ainda existem muitas outras e o blog do Obra Prima é o lugar certo para a sua construtora conhecer mais a fundo essas dicas de segurança do trabalho e descobrir como melhorar a gestão de obras!

Acompanhe o blog e siga o Instagram do Obra Prima para ter acesso a muitos conteúdos exclusivos sobre os assuntos mais relevantes da construção civil. Você também pode clicar na imagem abaixo e escutar os episódios do nosso podcast, o Obra Cast! Não vai ter mais desculpa para ficar por fora.  

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.