Pesquisar

4 dicas de gestão de obras para aplicar na sua construtora

Confira as 4 dicas de gestão de obras que preparamos para você aplicar na sua construtora e melhorar a administração da sua empresa.
4 dicas de gestão de obras para aplicar na sua construtora
4 dicas de gestão de obras para aplicar na sua construtora

Descubra como conquistar maior controle com essas dicas de gestão de obras específicas para a construção civil.

Falamos muito aqui no blog sobre os processos de gestão de obra e a necessidade de um planejamento eficiente, acompanhamento da execução do projeto e controle de etapas e processos.

Ainda que esses cuidados façam parte da conquista de maior visibilidade para a gestão na construção civil, não são os únicos elementos a serem considerados pela construtora.

É importante lembrar que de nada adianta um controle das obras se sua construtora deixa de pensar na gestão dos negócios, ou seja, dos elementos internos da própria construtora.

Conheça aqui algumas dicas que podem aumentar a visibilidade dos processos internos da construtora e garantir uma melhor gestão na construção civil.

Gestão aplicada à construção civil: dicas de gestão de obras para otimizar a sua construtora

Garantir uma gestão eficiente na construção civil sempre vai depender de uma maior visibilidade dos processos e controle de cada movimentação. 

Essa, no entanto, não é uma tarefa fácil para os gestores, uma vez que cada obra vem com um volume grande de detalhes a serem controlados.

Antes de se preocupar com as ocorrências do canteiro de obras e com detalhes específicos de um projeto, um bom gestor deve ter atenção à visibilidade de processos internos da construtora.

Veja aqui 4 dicas de gestão para aumentar seu controle de processos e começar a otimizar a gestão da construtora:

1. Gestão de construtora focada em fluxo de caixa estratégico

Orçamentos de obras nunca devem ser pensados considerando apenas custos e prazos dos projetos. 

O dinheiro que a construtora recebe e quando ela recebe tem grande impacto não só na capacidade de executar a obra. Mas também nas possibilidades de crescimento, investimento em melhorias e maior qualidade de gestão.

Ao pensar em orçamentos e dinheiro, é sempre necessário considerar um plano estratégico para o fluxo de caixa, para isso existe o fluxo de caixa projetado. 

Esse conceito traz a ideia de considerar os custos do passado para fazer uma previsão dos gastos futuros. E, com isso, planejar melhor o uso do dinheiro e os valores passados para os clientes. Se seu orçamento deve considerar custos indiretos e uma boa gestão depende de dinheiro para manter o controle, nada mais justo do que antecipar futuros gastos e imprevistos já vividos para não fechar no vermelho, não é mesmo?

2. Não esqueça da conciliação bancária

Projetar o fluxo de caixa e manter o controle da gestão interna, assim como acontece no canteiro de obras com a execução do projeto, exige acompanhamento. Do ponto de vista financeiro, esse acompanhamento é feito pela conciliação bancária.

A ideia é bem simples!

Basta você verificar todos os registros de entrada e saída de dinheiro que possui em notas fiscais e livros caixas e comparar com as movimentações do seu extrato bancário.

Assim, fica mais fácil identificar se um pagamento contabilizado não foi recebido, faz sentido?

Se uma conta não foi paga ou se um dinheiro que a construtora não estava esperando, como uma restituição de Imposto de Renda foi recebido. Esse é o modo mais eficiente de verificar como as contas da construtora estão na realidade e onde os desperdícios de recursos financeiros tem acontecido.

3. Orçamentos otimizados com composições e insumos

Quanto mais assertivo seu orçamento, mais eficiente a gestão na construção civil será. 

Por isso, é essencial sempre buscar dados concretos e realistas para os orçamentos de obra da sua construtora. Evitando erros e imprevistos que possam causar prejuízos e consumir a lucratividade da construtora.

Utilizar ferramentas como a Tabela Sinapi na composição de custos e na verificação de insumos auxilia a otimizar o orçamento e torná-lo mais eficiente. Além de consultar históricos de obras e sempre considerar os custos indiretos e margens de segurança contra imprevistos no volume de materiais.

Não se esqueça também do valor do orçamento. Isso evita muitos problemas.

Essas medidas simples ajudarão a organizar um orçamento para ofertar ao cliente mais alinhados com os reais custos do mercado da construção civil.

E considerando os custos para manter sua construtora funcionando mês a mês, reduzindo muito as chances de erros e aumentando a possibilidade de lucros.

4. Fluxo de compras deve ser controlado

As compras na construção civil possuem altos custos e dependem de ter parceiros e fornecedores confiáveis e que ofereçam um bom custo-benefício para a construtora e as obras.

Controlar o fluxo de compras de maneira integrada ao departamento financeiro permite garantir que sua construtora possa alcançar esse custo-benefício.

Negociando melhores prazos de pagamento, descontos em negociações de compras e tendo bases mais concretas para organizar um fluxo financeiro eficiente. Lembre-se sempre de pesquisar os fornecedores em lugar de ficar preso aos que já conhece. 

Nem sempre o fornecedor com o qual estamos acostumados oferece os melhores negócios e essa pesquisa pode servir não só para conhecer novos fornecedores, mas para oferecer dados para negociações mais vantajosas.

Obra Prima: gestão otimizada do canteiro ao escritório

Se a chave do sucesso na construção civil é controle, nada mais justo do que buscar ferramentas que cuidam da organização e visibilidade dos seus negócios dentro e fora do canteiro de obras.

Na busca por aumentar a visibilidade, garantir que o andamento das obras acompanhe as estratégias desenvolvidas pelos gestores. 

As dicas de gestão apresentadas aqui são apenas algumas das que existem para os gestores. Mas são essenciais e podem ser seguidas utilizando o mesmo software de gestão que otimiza seu canteiro de obras.

Com funcionalidades focadas no controle do fluxo de caixa, criação de históricos de obras e controle de composição de custos. A sua construtora tem dados e automatização para não cometer erros e criar estratégias de curto, médio e longo prazo para gerar maior crescimento e lucratividade.

Quer saber como as funcionalidades de um software podem otimizar sua gestão? E que tal conhecer cada detalhe das estratégias que podem ser aplicadas na construção civil para alcançar maior crescimento, lucratividade e qualidade para a construtora e suas obras?

Fique por dentro de todas as dicas que existem acompanhando os conteúdos exclusivos do blog Obra Prima e também seguindo o nosso Instagram.  

Software de gestão de obras

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.