Pesquisar

10 recursos que NÃO podem faltar em um software de gestão de obras

Quer contratar um software de gestão de obras? Conheça 10 recursos que NÃO podem faltar na hora de escolher o sistema certo para a sua construtora.
10 recursos que NÃO podem faltar em um software de gestão de obras
10 recursos que NÃO podem faltar em um software de gestão de obras

Descubra quais são os recursos essenciais e que não podem faltar no seu software de gestão de obras. 

O avanço da tecnologia na construção civil pode simplificar vários processos, mas trazer algumas dúvidas sobre o melhor uso dessas ferramentas. 

Além disso, as novas soluções trazem mais competitividade ao mercado e a sua construtora não pode ficar para trás, é preciso se modernizar para acompanhar o ritmo. 

Atualmente, esse sistema está dominando o mercado, mas antes de contratar um software de gestão de obras qualquer, é importante entender quais são os recursos e soluções que cada empresa está oferecendo para a sua construtora. 

Entenda quais são as funcionalidades que não podem faltar nessa ferramenta que torna ela um excelente investimento para a sua empresa. Antes de falar sobre os recursos, vamos entender o que é e para que serve essa tecnologia na construção civil: 

O que um software de gestão de obras faz?

Um software de gestão de obras é muito mais do que somente uma ferramenta que vai ajudar no dia a dia da construção civil, embora esse já seja um aspecto muito importante e válido desse sistema. Essa ferramenta pode ser a porta de entrada para uma guinada de crescimento na sua construtora ou negócio da construção civil. 

Agora que você sabe o que essa solução faz, vamos falar um pouco sobre as suas funcionalidades e qual é a importância de cada uma delas para a sua gestão de obras. 

10 recursos que NÃO podem faltar em um sistema de gerenciamento de obras 

Entre as principais funcionalidades que são essenciais e não podem faltar em um software de gestão de obras, podemos destacar: 

  1. Portal do Cliente;
  2. Relatório Diário de Obra;
  3. Gerenciamento da Obra Online;
  4. Cotação Online;
  5. Previsto X Realizado;
  6. Medição Física;
  7. Controle de Estoque;
  8. Orçamento;
  9. Cronograma;
  10. Importação Automatizada de Nota Fiscal. 

Vamos entender melhor cada uma delas: 

1. Portal do Cliente

Através do Portal do Cliente, a sua construtora terá um canal de comunicação para deixar disponível informações importantes sobre o andamento do projeto, mostrando cronograma, orçamento, compartilhando documentos e conversando pelo chat. Dessa maneira, o seu cliente consegue acompanhar a evolução da obra em tempo real. 

2. Relatório Diário de Obra

Com o RDO, que já falamos bastante aqui no blog, a sua construtora estará sempre um passo à frente para evitar problemas que impactam de maneira direta a qualidade do dia a dia da sua obra. 

Registre as condições climáticas, tarefas realizadas, compras e o recebimento de materiais usados e contabilização das horas trabalhadas naquele dia. Você consegue baixar o relatório completo em PDF ou também pode enviar diretamente para o e-mail do seu cliente.  

3. Gerenciamento de Obra Online

Todos os seus projetos ficam disponíveis em um só lugar, com informações atualizadas em tempo real que você consegue acessar de qualquer dispositivo com acesso à internet. Chega de se perder e não saber em que etapa está a obra. 

Leia também:

Aplicativo para gestão de obras: vários canteiros na palma da sua mão! – Obra Prima

4. Cotação Online

Encontre fornecedores e prestadores de serviços, faça cotações online diretamente pelo seu sistema de gerenciamento de obras. Você vai conseguir eliminar os erros de cálculo, ganhar mais tempo, velocidade e agilidade, além de um maior controle dos custos e prazos das obras na sua empresa. Tudo isso em um só lugar que você pode acessar de qualquer dispositivo com acesso à internet. 

Leia também: 

5 dicas para otimizar a cotação de preços de materiais de construção – Obra Prima

5. Previsto X Realizado

Substitua de uma vez por todas o papel, a caneta e as planilhas na sua construtora. Consulte e compartilhe a qualquer momento, com seu cliente, de maneira organizada e detalhada o relatório daquilo que foi previsto e o que já foi realizado e os motivos de cada uma das atualizações. 

Com essas informações à disposição, a tomada de decisão para concentrar ou alocar os esforços e recursos da sua construtora fica muito mais preciso. 

6. Medição Física

Faça o acompanhamento e o registro de todo o progresso da obra, com base no cronograma físico dos serviços realizados dentro do canteiro. Essa funcionalidade possibilita que a sua construtora tenha maior clareza em relação aos custos por unidade de cada material usado, do serviço feito e do profissional que realizou. 

7. Controle de Estoque 

Controle e organização em detalhes de almoxarifados fora do canteiro de obras, disponibilidade dos materiais por variações de quantidade e movimentação de entrada e saída dos insumos da obra. 

Assim, você não vai precisar parar a obra por falta de material, deixando a sua mão de obra ociosa e aumentando o cronograma (e o custo) do projeto. Além disso, você vai ter um controle maior dos materiais

8. Orçamento 

Elimine os erros de estimativa de custos. Elabore orçamentos do zero ou use os modelos de tabela que estão disponíveis no próprio sistema de gerenciamento de obras. Isso vai reduzir ou eliminar o prejuízo dos seus projetos. 

Leia também: 

Monte e apresente uma proposta de orçamento de obras eficiente – Obra Prima

9. Cronograma

Quando o seu cronograma é feito em planilhas, muitos erros de digitação podem passar despercebidos, você também vai precisar fazer a atualização dos números manualmente.

Com um software de gestão de obras, você evita prejuízos, está sempre com as informações atualizadas e não perde as versões antigas – o que é comum nas planilhas, uma vez que várias versões são criadas durante o projeto.

10. Importação Automatizada de Nota Fiscal

O sistema de gerenciamento de obras pode ser integrado com o SEFAZ e, dessa maneira, ele consegue trazer todas as notas geradas para o seu CNPJ. Com esse recurso é possível conciliar a nota com o documento financeiro ou uma ordem de compra já existente na ferramenta. 

Existe um software de gestão de obras com todas essas funcionalidades?

Sim! 

Ele chama Obra Prima e o melhor você ainda nem sabe: ele cabe no seu bolso

Nosso sistema de gerenciamento de obras foi pensado para as pequenas e médias construtoras que precisam de ajuda na gestão de obras. Por isso, temos vários planos que não vão pesar no seu bolso e mais ainda, logo você vai ver esse dinheiro investindo voltando para você. 

Quer saber mais sobre os nossos recursos e soluções? Acesse aqui. E, para descobrir mais vantagens do nosso sistema, você pode entrar aqui

Para se manter por dentro de tudo que acontece no mundo da construção civil, acompanhe o nosso blog e siga o Obra Prima no Instagram, estamos sempre compartilhando conteúdos exclusivos. 

E, conheça um pouco sobre a história do Obra Prima nesse episódio do nosso podcast, o ObraCast. Siga e escute entre um compromisso e outro, sempre tem episódio novo. Aproveite também para marcar uma demonstração gratuita do nosso sistema de gerenciamento de obras clicando na imagem abaixo. 

software de gestão de obra

Experimente o sistema Obra Prima!

Conheça o software que vai ajudar você a organizar as suas obras e conquistar mais clientes!

Receba conteúdos exclusivos sobre Construção Civil

Fique por dentro de tudo o que acontece na Construção Civil com a melhor newsletter do setor.